• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

MP denuncia homem suspeito de matar a facadas e estrangular ex-esposa com cabo de carregador de celular: ‘Movido pelo sentimento de posse’, afirma promotor


Naiara Paula da Conceição Silva foi encontrada morta no apartamento onde morava. Ex-marido está preso desde 9 de abril e foi denunciado por homicídio triplamente qualificado. g1 tenta contato com a defesa dele. Naiara Paula da Conceição Silva tinha 29 anos e foi assassinada pelo ex-marido, segundo a polícia
Divulgação
O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou o homem suspeito de matar a facadas e estrangular a jovem Naiara Paula da Conceição Silva, 29 anos, com o cabo de um carregador de celular em Curitiba. Segundo o MP, Luiz Fernando Leite, 37, deve ser processado por homicídio triplamente qualificado.
Segundo a Polícia Militar (PM), o corpo de Naiara foi encontrada na manhã de 9 de abril, um domingo, no apartamento dela, no bairro Santa Cândida. O ex-marido foi preso no mesmo dia.
O g1 tenta contato com a defesa dele.
De acordo com o promotor Marcelo Balzer Correia, que fez a acusação, Leite, ex-marido de Naiara, cometeu o crime por motivo torpe, por não aceitar a separação, recurso que dificultou a defesa, por causa do estrangulamento, e pelo feminicídio.
Na denúncia, o promotor diz que Leite “praticou o crime contra mulher, eis que mantinha relação conjugal com a vítima, demonstrando inaceitável machismo e intolerável misoginia, que naturaliza a violênca de gênero e perpetua a desigualdade entre homens e mulheres”.
A delegada Aline Manzatto, responsável pelo flagrante da prisão, afirmou que Leite deu duas facadas em Naiara depois de assassiná-la com o cabo de carregador de celular. Ao ser detido pela PM, ele disse que não se lembrava do que havia acontecido porque estaria dormindo no momento da morte da jovem.
Conforme a delegada, o suspeito tentou fazer com que o assassinato parecesse um suicídio. Ele ainda teria esfaqueado o próprio peito duas vezes antes de chamar a PM.
Planos interrompidos
Naiara deixou um caderno cheio de anotações com planos dela para este ano. Entre eles, estava o início de cursos de idiomas, economia de dinheiro e também cuidados com a saúde mental.
A jovem citou a intenção de “ter uma família” e investir em “uma nova vida fora do Brasil”. Escreveu ainda no caderno que precisava se amar e aceitar em primeiro lugar após o outro”. Veja mais detalhes abaixo.
Metas definidas por Naiara para 2023
Divulgação
Metas definidas por Naiara para 2023
Divulgação
Caderno onde Naiara arquivava seus planos para 2023
Divulgação
CICLO DA VIOLÊNCIA: saiba como identificar
Violência contra a mulher: como pedir medida protetiva de urgência
Separação
De acordo com o advogado de defesa de Naiara, Jackson Willam Bahls Rodrigues, conforme as provas recolhidas, o suspeito havia premeditado a ação.
Após o término do relacionamento, conforme o advogado, Luiz fez publicações na rede social com mensagens sobre “traição” e “decepção amorosa”.
O advogado Jackson Balhs, que representa a família de Naiara, disse “que está contente” com a denúncia oferecida pelo Ministério Público e afirmou esperar que Luiz Leite vire réu no processo.
Mais assistidos do g1 PR
Leia mais em g1 Paraná.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.