• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Justiça manda prender suspeito de participar do assassinato de mulher encontrada em antigo alojamento de Ipatinga


De acordo com o Ministério Público, o jovem, de 21 anos, e um adolescente que confessou o crime e foi apreendido na semana passada, vão ficar detidos até a conclusão do inquérito. Corpo foi encontrado dentro de um alojamento abandonado, no bairro Imbaúbas, em Ipatinga
Marina Bhering / Inter TV dos Vales
O Ministério Público de Minas Gerais pediu, nesta segunda-feira (17), a prisão preventiva de um jovem de 21 anos, suspeito de participação no assassinato de Caroline de Paiva Taveira, de 32. Ela foi encontrada morta em um antigo alojamento de uma empresa no bairro Imbaúbas, em Ipatinga, na semana passada. A prisão foi executada pela Polícia Militar após decisão do juiz da comarca de Ipatinga, João Paulo Júnior.
Um adolescente, de 17 anos, foi apreendido momentos depois do corpo ter sido localizado. Ele assumiu a autoria do crime. De acordo com a justiça, ambos vão ficar detidos até a conclusão do inquérito, previsto para ser feito em até 10 dias.
Após o inquérito, os envolvidos podem responder por homicídio triplamente qualificado e associação ao tráfico, segundo o MPMG.
O crime
Caroline de Paiva Taveira foi encontrada morta no dia 11 de abril, na Rua Cristóvão Jaques, em Ipatinga. De acordo com a Polícia Militar, o corpo estava dentro de um alojamento abandonado e apresentava sinais de violência no pescoço.
Imagens de segurança próximas ao local foram analisadas pela polícia e mostraram quatro jovens caminhando em direção ao ponto onde o corpo foi encontrado. Entre eles, o rapaz de 21 anos, preso preventivamente nesta segunda (17), e um adolescente , de 17 anos, que teria confessado o crime.
À polícia, ele disse que matou a mulher a golpes de faca e que tinha a intenção de matar o namorado dela, mas ele não foi encontrado. O menor foi apreendido.
Testemunhas contaram à PM que ele teria ameaçado a vítima, dias antes do crime, porque desconfiava que ela havia denunciado ele e mãe, detidos por tráfico de drogas.
Vídeos do Leste e Nordeste de Minas
Veja mais notícias da região em g1 Vales de Minas Gerais.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.