• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Jovens que não concluem o ensino médio ganham salário mais baixos e vivem menos, diz estudo


O levantamento da Firjan mostra o grave impacto da evasão escolar. Em média, apenas 6 de cada 10 estudantes concluem o ensino médio. Um problema que compromete a qualificação profissional e a geração de renda. Jovens que não concluem o ensino médio ganham salário mais baixos e vivem menos, segundo estudo
Um estudo da FIRJAN-SESI mostra os graves impactos da evasão escolar no Brasil. Apenas seis em cada dez alunos concluem o ensino médio no Brasil. Uma taxa pior do que a do México, Costa Rica, Colômbia, Portugal e muito inferior ao Chile, que fez um intenso trabalho de combate à evasão.
Seis em cada dez alunos conclui o ensino médio no Brasil
TV Globo
Os números da evasão escolar no Brasil são alarmantes: 500mil brasileiros com mais de 16 anos deixam a sala de aula todos os anos. Esse abandono tem consequências na vida pessoal deles e na economia do país. O ganho anual se a taxa de evasão do ensino médio fosse igual a do Chile seria de R$135 bilhões. Apenas 6 em cada 10 alunos conclui o ensino médio no Brasil.
Entre os mais pobres, o percentual de jovens entre 20 e 24 anos que concluíram o ensino médio é de 46%. Conforme a renda aumenta, o abandono escolar diminui. Entre os mais ricos, 94% terminam a escola.
Entre os pobres, a taxa de conclusão do ensino médio é de 46%
TV Globo
Quem não conclui a educação básica tem salário mais baixo, consegue menos emprego formal. E até vive menos. A expectativa de vida é três anos menor, segundo mostra a pesquisa. A consultora em educação da FIRJAN-SESI Andrea Marinho comenta que a evasão escolar atinge a todos nós e que a educação precisa ser prioridade nacional.
“A evasão do ensino médio é uma tragédia silenciosa que atinge toda a todos nós. Obvio que atinge mais profundamente o jovem mais vulnerável, o jovem da classe mais pobre e que precisa portanto ser enfrentada. Enfrentada como prioridade nacional”, diz Andrea Marinho.
Isabela alerta para a importância da educação no Brasil
TV Globo
O estudo apresenta propostas a partir de práticas que já existem e deram certo. Como programas de recuperação de aprendizagem, auxílio-financeiro e apoio psicológico aos alunos.
A estudante Isabela Matos conclui o ensino médio em 2023 e fala da importância de seu diploma.
“Sempre foi um desejo meu fazer o ensino médio com o ensino técnico porque acho isso muito importante, você sair do ensino médio já direcionado para uma carreira, já dentro do mercado de trabalho”, conta Isabela.
Estudante Isabela Matos comenta a importância da educação
TV Globo
A Vanuza Matos, mãe da Isabela, depois dos filhos grandes, também voltou para a escola e garantiu o diploma do ensino médio e não quer mais parar.
“Meu sonho ainda não acabou não. Tenho sonho de fazer a faculdade. Acho muito legal. Eu já vi pessoas com bem mais idade que consegue se formar. Eu acho que é por aí”, afirma Vanuza.
Vanusa terminou o ensino médio e se programa para o curso superior
TV Globo
Confira a reportagem completa no vídeo acima.

Bookmark the permalink.