• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

PF cumpre mandados em operação que investiga revenda de computadores furtados de órgãos públicos em Brasília


Investigações apontam que mais de 300 computadores e 200 monitores foram roubados do Ministério do Desenvolvimento Regional. Agentes cumprem mandados de busca e apreensão e bloqueio de bens. Operação Chiaroscuro, da Polícia Federal, em Brasília, em imagem de arquivo
PF/Reprodução
A Polícia Federal cumpre, nesta terça-feira (18), sete mandados de busca e apreensão e três de bloqueio de bens no âmbito de uma operação que investiga a revenda de computadores furtados de órgãos públicos federais e empresas, em Brasília. Mandados foram expedidos pela 10ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal.
A 3ª fase da operação Chiaroscuro identificou novos funcionários de outras três instituições públicas e privadas, que roubaram computadores e equipamentos eletrônicos dos locais em que trabalhavam. A 1ª etapa da operação foi deflagrada em abril do ano passado (veja detalhes abaixo).
De acordo com as investigações, um levantamento do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) apontou que mais de 300 computadores e mais de 200 monitores adquiridos durante a pandemia de Covid-19, que ainda deveriam estar em depósito, haviam sido furtados. O prejuízo calculado é de R$ 1,5 milhão.
LEIA TAMBÉM:
DESVIOS: PF mira grupo suspeito de fraudes bancárias de R$ 1,9 milhão contra entidades privadas e órgãos públicos
ACAMPAMENTO: PF prende no DF suspeito de ensinar tática de guerrilha a acampados em frente a QG do Exército
Outras fases
Durante a primeira fase da operação, o dono de uma loja de informática na Asa Norte foi preso em flagrante, por receptação de computadores furtados do MDR.
Já na segunda fase, em setembro do ano passado, os agentes cumpriram dois mandados de busca e apreensão. Os investigados podem responder pelo crime de receptação qualificada.
Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.