• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Instituto Pasteur confirma morte de anta por raiva em São Miguel Arcanjo


Sequenciamento do vírus apontou que a transmissão ocorreu por morcego. Apelidado de Roberval, a anta foi resgatada e ficou sob cuidados veterinários, mas morreu devido à infecção por raiva
Divulgação/Núcleo da Floresta
Uma anta morreu em decorrência de raiva em São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo, após ser resgatada próxima a uma área de preservação ambiental. Este é o segundo caso registrado da doença na espécie em 2023, conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde.
Conforme apontam os resultados, divulgados na sexta-feira (14), a transmissão da doença ocorreu por mordida de morcego-vampiro. O animal morreu no dia 27 de março.
Fartura confirma morte de boi por raiva e mobiliza Vigilância Sanitária em área rural
A anta, da espécie Tapirus terrestris, foi resgatada pelo Núcleo da Floresta nas proximidades do Parque Estadual Carlos Botelho, no dia 16 de março, com uma possível fratura na pata (veja vídeo do resgate abaixo).
Initial plugin text
Após o resgate, a anta foi encaminhada à São Roque (SP), onde recebeu atendimento veterinário, porém, nenhum ferimento foi constatado pelos profissionais.
De acordo com instituto, nos dias seguintes, o animal começou a apresentar distúrbios neurológicos.
Com a suspeita, foram enviadas amostras sangue do animal para análise no Instituto Pasteur. O laudo confirmou a infecção pelo vírus da raiva.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Em 27 de março, a anta macho, apelidada pela equipe de resgate como “Roberval”, morreu devido à doença.
Na última sexta, o sequenciamento do vírus confirmou que a transmissão ocorreu por um morcego-vampiro.
Nas redes sociais, o Núcleo da Floresta lamentou a morte da anta e alertou a população
Reprodução/Redes sociais/Núcleo da Floresta
Em nota, o Instituto Pasteur disse que, após a confirmação do, a prefeitura de Sorocaba informou ao Grupo de Vigilância Epidemiológica sobre o início das ações de vigilância epidemiológica por parte do município.
Veja mais notícias no g1 Itapetininga e Região
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Adicionar aos favoritos o Link permanente.