• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Detran-RN convoca mais 1 mil motoristas que não receberam a CNH pelos Correios a retirarem documento; veja como fazer


Há documentos nas unidades do Detran desde 2018 e com a validade em dia. Retirada pode ser feito com agendamento pela internet. Entrega de CNH no Detran RN
Divulgação
O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) está convocando os motoristas que solicitaram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e, por algum motivo, tiveram os documentos devolvidos ao órgão após tentativas de entrega pelos Correios.
Atualmente, segundo o Detran, há mais de 1 mil CNHs nesta situação em todas as unidades do órgão no estado. Há carteiras não retiradas desde o ano de 2018.
O Detran reforça que as CNH´s emitidas em 2018 se vencem este ano, pois foram emitidas antes da mudança na legislação, que aumentou o prazo de validade para até 10 anos.
Como retirar?
Quem quiser, pode fazer a retirada da CNH no Detran mediante agendamento antecipado. Basta acessar o Portal de Serviços do Detran, escolher a opção “Habilitação” e clicar em “Agendamento de Serviços”.
Quando abrir uma nova guia, seleciona novamente a opção “Habilitação” e depois “Entrega CNH Emitida”, onde será necessário preencher os dados pessoais e marcar o dia e horário de preferência.
Envio pelos Correios
A entrega da CNH via Correios é hoje a única forma de recebimento da carteira, quando ela é feita. Após a emissão da CNH, os Correios fazem três tentativas de envio. Quando há algum problema na entrega, o documento fica retido na unidade dos Correios durante 20 dias corridos e depois é devolvido ao Detran – que é exatamente o caso dessas mais de 1 mil CNHs.
“Sempre reforçamos que o comprovante de residência seja dos últimos 90 dias e esteja atualizado corretamente”, enfatizou o coordenador o coordenador de registro de condutores do Detran, Rodrigo Fernandes.
A partir desse momento, quando a carteira é devolvida, é preciso que ela seja retirada no Detran.
“O mais importante é que os usuários devem estar atentos em fornecer um endereço preciso e que esteja cadastrado nos Correios do mesmo jeito que está escrito no comprovante de residência apresentado ao Detran. Sugerimos sempre faturas de energia, de cartões de crédito, que normalmente estão atualizadas e o CEP confere com o que está registrado nos Correios”, completa.
Vídeos mais assistidos do g1 RN

Bookmark the permalink.