Rita Lee e Roberto de Carvalho revitalizam o álbum ‘Flerte fatal’ em LP com vinil da cor laranja


Lançado em 1987, o disco traz dois hits, ‘Pega rapaz’ e ‘Bwana’, que marcaram a volta do casal às paradas após um (belo) trabalho de atmosfera depressiva. Imagem promocional da reedição em LP do álbum ‘Flerte fatal’, de Rita Lee & Roberto de Carvalho
Divulgação
♪ De 1979 a 1984, Rita Lee e Roberto de Carvalho arrobaram a festa do universo pop brasileiro, dominando as playlists da época com série de álbuns que geraram hits condensados e retrabalhados no pioneiro álbum de remixes Rita hits (1984), arremate dessa era de ouro.
Em 1985, veio a ressaca da longa festa em bad trip que deu origem ao álbum mais dark e deprê do casal 20 do pop nacional, Rita e Roberto, robusta ovelha negra na discografia dos artistas.
Flerte fatal – álbum que a gravadora Universal Music relança no formato original de LP na quinta-feira, 13 de abril, com vinil fabricado na cor laranja – marcou o retorno dos artistas para a festa e a entrada de Rita Lee e Roberto de Carvalho na gravadora EMI Music.
Flerte fatal é o último relevante álbum de estúdio assinado pela dupla, já que os discos posteriores Zona zen (1988) e Rita Lee & Roberto de Carvalho (1990) sinalizaram um desgaste que levou à provisória separação artística do casal na primeira metade da década de 1990.
Os dois hits blockbusters do disco Flerte fatal foram duas parcerias de Rita e Roberto, Pega rapaz e Bwana, mas há delícias pop a serem redescobertas como Picola Marina, parceria de Roberto de Carvalho com Antonio Bivar (25 de abril de 1939 – 5 de julho de 2020), artista multimídia que dirigira Rita há então 14 anos no show Tutti Frutti (1973).
Composição feita para a peça de teatro Alice que delícia (1987), escrita por Bivar e estrelada pela atriz Maria Della Costa (1926 – 2015), Picola Marina é música com ar vintage que permitiu a Rita exercitar a habitual leveza no canto desse tema espirituoso. O título se refere ao bairro Piccola Marina, situado em Capri, na Itália. Só que, na grafia da composição na contracapa e no encarte do LP, Picola Marina apareceu somente com um c no título.
Outra joia do álbum Flerte fatal é a versão em português de Blue moon (Richard Rodgers e Lorenz Hart, 1934), escrita pela própria Rita Lee em homenagem à irmã mais velha, fã da canção, Mary, morta em 1980.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.