• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Suspeito de matar homem que estava desaparecido é preso em Cabreúva


Lucas Gonçalo dos Santos passou a ser investigado após ser flagrado dirigindo o carro da empresa que Renan Spoito usava. Ele foi encontrado morto três dias depois de desaparecer após dar carona para uma colega de trabalho. Lucas Gonçalo dos Santos acusado de crime em Jundiaí (SP) foi preso em Cabreúva
Redes Socais
O homem suspeito de matar Renan Spoito Miossi, de 37 anos, encontrado morto três dias depois de desaparecer em Valinhos foi preso na noite desta quarta-feira (17) em Cabreúva (SP). A informação foi confirmada pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).
📱 Participe do canal do g1 Sorocaba e Jundiaí no WhatsApp
A vítima desapareceu após dar carona para uma colega de trabalho. O corpo de Renan foi encontrado na segunda-feira (15), em uma casa localizada no Bairro Eloy Chaves, em Jundiaí. O imóvel foi alugado por Lucas Gonçalo dos Santos, principal suspeito do crime (relembre o caso abaixo).
Lucas passou a ser investigado após ser flagrado dirigindo o carro da empresa que a vítima usava. O suspeito foi localizado e preso pela Polícia Militar no bairro Jacaré ao ir ver a filha na igreja. Ele confessou o crime e será encaminhado para a DIG de Jundiaí (SP).
Polícia Civil busca principal suspeito por morte de supervisor de vendas em Jundiaí
Renan Miossi foi sepultado na tarde de terça-feira (16), no Cemitério Municipal Nossa Senhora do Desterro, em Jundiaí.
Renan Miossi desapareceu durante visita a Valinhos; carro da empresa que ele dirigia foi encontrado em Cabreúva (SP)
Reprodução
Carro com o suspeito
O carro da empresa que Renan usava foi encontrado pela Polícia Militar no domingo (14), em Cabreúva (SP). O veículo, segundo a PM, havia passado por Jundiaí, por volta das 12h30 de sábado (13).
Lucas foi abordado enquanto dirigia pela Avenida Vereador Jose Donatto, em Jundiaí. Ele chegou a ser levado para a delegacia, mas foi liberado. Com o avanço da investigação, a polícia pediu a prisão temporária nesta segunda-feira, mas o rapaz não foi localizado.
Segundo a polícia, o motorista disse, durante seu depoimento, que tinha comprado o carro havia cinco dias, e que a namorada dele estava com os documentos da compra, mas mudou a versão duas vezes, após novos questionamentos dos policiais.
Carro usado por Renan foi encontrado em Cabreúva (SP). Motorista não soube informar porquê estava com o veículo.
Polícia Militar/Divulgação
O motorista chegou a dizer que comprou o carro na sexta-feira e, posteriormente, comentou que o veículo havia sido emprestado para ele.
O veículo foi periciado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí e será devolvido para a empresa.
Carro da empresa
Conforme o boletim de ocorrência, Renan trabalhava como supervisor de vendas de uma empresa de panificação e confeitaria de Valinhos, e usava o carro da empresa para as atividades da função.
A colega de trabalho de Renan contou à polícia que a vítima havia deixado ela na casa, na sexta-feira, por volta das 15h30. Foi a última vez que Renan foi visto. A família tentou contato com ele pelo celular, desde o dia em que desapareceu.
Imóvel alugado
Segunda polícia, o imóvel onde a vítima foi encontrada já morta foi alugado por Lucas Gonçalo dos Santos.
O proprietário do imóvel disse à TV TEM que Lucas e a namorada mostraram interesse em alugar a casa no começo de abril. Desde o dia 5, o casal começou a levar objetos pessoais para o imóvel, com a intenção de alugar.
Segundo o proprietário, no sábado (13), ele e vizinhos da casa sentiram um forte odor vindo do imóvel. Na segunda-feira (15), a polícia foi até o local e encontrou o corpo.
Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Adicionar aos favoritos o Link permanente.