• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Homem suspeito de estar envolvido no desaparecimento de PM tem prisão preventiva decretada; entenda o caso


Audiência de custódia resultou na conversão da prisão na última segunda-feira (15). Soldado da PM Luca Romano Angerami está desaparecido desde a madrugada de domingo (14), em Guarujá (SP). Luca Romano dentro de adega em Guarujá (à esquerda) e suspeito de ter participado de crime contra ele (à direita)
Reprodução
Edivaldo Aragão, o homem de 36 anos preso por ser suspeito de estar envolvidos no desaparecimento do soldado da PM Luca Romano Angerami, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. Ele disse à polícia que O PM não foi localizado até a manhã desta terça-feira (16). As Polícias Civil e Militar seguem fazendo buscas pela região.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Luca está desaparecido desde a madrugada de domingo (14), quando foi visto em uma adega e próximo a um ponto de tráfico de drogas em Guarujá, no litoral de São Paulo (veja mais detalhes abaixo).
A informação sobre a prisão preventiva, definida em audiência de custódia no Fórum de Santos, na manhã de segunda-feira (15), foi confirmada à reportagem pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP). Ele foi levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente.
A equipe da PM encontrou Edivaldo, por volta de 19h30 de domingo, próximo a um ponto de tráfico de drogas na Rua das Magnólias. Sentado no canteiro central, o homem foi abordado em atitude suspeita e disse estar fumando maconha. De forma espontânea, ele confessou ter participado do sequestro e suposto homicídio de Luca com outras pessoas, mas o número de envolvidos não foi revelado.
Apesar de ter fornecido detalhes do caso, a versão de Edivaldo também apresentou incongruências segundo uma fonte da Polícia Civil ouvida pela reportagem. A corporação estuda se Luca realmente foi levado para São Vicente no próprio carro, conforme relatado por Edivaldo, ou em outro veículo.
A versão de Edivaldo não será 100% descartada. “Muita coisa vai ser levada em consideração ali. Tanto é que ele foi autuado em flagrante, tinha subsídios, elementos para que ele fosse autuado em flagrante. Mas a narrativa dele não dá para a gente, 100%, cravar”, afirmou ao g1 a fonte policial.
Força-tarefa
Uma força-tarefa foi criada para tentar encontrar Luca. Entre a noite de segunda e a madrugada desta terça-feira, equipes se dividiram em buscas pela Comunidade do Caranguejo, que fica perto da rodovia onde o carro do agente foi encontrado.
A Polícia Civil trabalha com a possibilidade é que ele esteja vivo e sendo mantido em cativeiro na comunidade. Os motivos, por ora, seguem desconhecidos. Até a última atualização da reportagem, as buscas eram realizadas nas cidades de Santos e Guarujá.
PM desaparece e carro dele é encontrado abandonado em rodovia de Guarujá (SP)
Reprodução e Matheus Croce/TV Tribuna
As buscas contam com agentes do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Coordenação de Operações Especiais (Coe) e cachorros da Polícia Militar, além do Batalhão de Choque da corporação.
Rendido perto de ‘biqueira’
Câmeras de adega mostram última imagens de PM antes de desaparecer no litoral de SP
Luca foi visto pela última vez perto de um ponto de tráfico de drogas em Guarujá. Imagens obtidas pela TV Tribuna apontam que, antes disso, ele estava em uma adega por volta da 1h18 (assista acima).
Segundo a fonte ouvida pela reportagem, após sair da adega Luca dirigiu sozinho um carro até o local próximo a uma ‘biqueira’ [onde ocorre o tráfico de drogas] na comunidade. Ele ficou dentro do veículo por aproximadamente 40 minutos, até que dois homens – ainda não identificados – se aproximaram do veículo e o renderam. A motivação para que ele fosse ao local ainda é investigada.
Conforme apurado, as informações foram obtidas pela Polícia Civil, a partir de novas imagens do caso, que ainda não foram divulgadas. Nas câmeras de monitoramento, Luca ainda apareceria em pé, fora do carro, acompanhado dos dois suspeitos.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos
,

Adicionar aos favoritos o Link permanente.