• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Justiça condena a 14 anos de reclusão vizinho que matou pastor por causa de barulho de obra


Investigação apontou que Jorge Miguel foi reclamar de barulho na propriedade de Gabriel Ribeiro, que era seu vizinho e subtenente da PM. Os dois tinham um histórico de desavenças. Polícia identifica homem que matou o pastor Gabriel Ribeiro, em Nova Iguaçu
A Justiça do RJ condenou a 14 anos de reclusão em regime fechado o homem que matou o pastor Gabriel Ribeiro Filho após um desentendimento por causa de barulho de obra em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O crime aconteceu em 2021 (veja no vídeo acima).
A decisão é da 4ª Vara Criminal da Comarca de Nova Iguaçu, que destacou que Jorge Miguel agiu por motivo fútil.
O promotor de Justiça Bruno Bezerra, responsável pela sustentação oral, afirmou que as teses de legítima defesa e lesão corporal seguida de morte, sustentadas pelo advogado do réu, foram “rechaçadas pelos jurados”, que acolheram integralmente o pedido do Ministério Público.
Bezerra ainda destacou a “perversidade do réu”, que matou a vítima que efetuou um serviço em sua propriedade “de forma diversa da que o réu queria.”
Segundo a investigação da Polícia Civil do RJ, os dois eram vizinhos e tinham um histórico de desavenças. Gabriel, além de pastor, também era subtenente da PM.
À esquerda, Jorge Miguel; à direita, o pastor e PM Gabriel Ribeiro
Reprodução
Como foi o crime
De acordo com os investigadores, um caseiro e um auxiliar de serviços gerais faziam reparo no encanamento do sítio de Gabriel. Incomodado com o barulho, Jorge pediu que a obra parasse e deu um tiro para o alto.
O pastor foi chamado, e houve uma discussão. Jorge, então, atirou contra Gabriel. O pastor chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte aos disparos.
Ainda segundo os policiais, Jorge estava com uma arma na mão e uma lata de cerveja na outra ao matar Gabriel.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.