• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Donos de clínica clandestina suspeitos de deformar clientes são soltos em audiência


Suspeitos pagaram fiança de dez salários mínimos e serão monitorados por tornozeleira eletrônica. Donos de clínica clandestina são presos após deformar clientes
Os donos de uma clínica clandestina de estética, marido e mulher, presos no Bairro Dendê, em Fortaleza, por suspeita de deformarem clientes e deixar uma mulher em estado grave após a aplicação de polimetilmetacrilato, o PMMA, foram soltos nesta sexta-feira (1º), na audiência de custódia.
✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Ceará no WhatsApp
O casal deverá cumprir algumas medidas cautelares como:
pagamento de fiança de 10 salários mínimos para cada um;
uso de tornozeleira eletrônica pelo período de três meses;
não realizar qualquer atividade relacionada aprocedimentos estéticos e médicos;
fechar a clínica onde eram realizados os procedimentos objeto da investigação;
comparecer mensalmente na sede da Central de Alternativas Penais, entre outros.
Na decisão , o juiz de Direito Tacio Gurgel Barreto levou em consideração que os donos da clínica clandestina são réus primários, com endereço fixo e que a melhor adequação seria conceder a liberdade provisória considerando a realidade do sistema penitenciário, segundo o magistrado, “dominado por facções criminosas”.
“É bem verdade que os autuados foram presos pela prática de múl-tiplas condutas delitivas, com potencial de ter atingido várias vítimas, com a realização deinúmeros procedimentos estéticos de alto custo, a indicar a gravidade concreta das condutas. No entanto, considerando a realidade do sistema penitenciário do Estado do Ceará, dominado por facções criminosas […] a melhor adequação (a idonei-dade) das medidas cautelares alternativas para acautelar a ordem pública, a persecução penal e a aplicação da lei penal, notadamente para evitar a inserção do flagranteado nes-te deletério sistema penitenciário”, diz um trecho da decisão do juiz Tacio Gurgel Barreto.
O juiz ressaltou que a decisão não desprezar a gravidade da conduta criminosa pela qual o casal é investigado.
“O que está sendo ponderado, na verdade, éapenas os valores em conflito (liberdade do preso vs interesse da persecução penal), oque não prejudica, certamente, a regular punição que caberá contra o agente no caso deeventual decreto penal condenatório”, disse o juiz.
A clínica, que não tinha autorização para funcionar, acumulava mais de cinco mil seguidores nas redes sociais, onde oferecia serviços de harmonização de glúteos, aplicação de enzimas, drenagens, entre outros.
Vítima em estado grave
Falsos esteticistas aplicavam PPMA nas clientes.
Polícia Civil/ Divulgação
Os investigadores do 5° Distrito Policial (DP) iniciaram as investigações sobre a clínica clandestina após receberem uma denúncia, no início do ano, de uma mulher de 32 anos que ficou internada em estado grave após realizar um procedimento nos glúteos no local.
O estabelecimento foi interditado pela Vigilância Sanitária após a operação policial, nesta quinta-feira (29), e os proprietários foram autuados pelos crimes de lesão corporal grave, crime contra ordem tributária, falsificação de medicamentos para fins terapêuticos ou medicinais e exercício ilegal da medicina.
Polícia apreendeu vários materiais em clínica clandestina de estética em Fortaleza.
Polícia Civil/ Divulgação
No imóvel, foi identificado que os proprietários não possuíam nenhum tipo de qualificação ou formação para realizar os serviços ofertados pelo estabelecimento, bem como armazenavam produtos de uso exclusivo de médicos que estavam vencidos em local inapropriado.
Além disso, a polícia descobriu que durante a aplicação dos produtos, o homem de 24 anos, e a mulher de 37 anos, reutilizavam as seringas em outros pacientes.
A polícia apreendeu no local dezenas de seringas, algumas unidades vencidas, medicamentos que eram armazenados de forma irregular, além do produto Polimetilmetacrilato (PMMA).
Vários materiais foram apreendidos pela polícia em clínica de estética clandestina em Fortaleza.
Polícia Civil/ Divulgação
Assista aos vídeos mais vistos do Ceará

Adicionar aos favoritos o Link permanente.