• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

VÍDEO: Entregadores arrombam portão da casa de cliente que se negou a pagar pizza


Nas imagens é possível ver um motoboy jogando a moto sobre o portão do cliente. Segundo a Polícia Civil foram registrados dois boletins de ocorrência por lesão corporal. Vídeo mostra momento em que motoboys arrombam portão de cliente em Palmas
Entregadores de delivery arrombaram o portão de uma casa no Jardim Aureny IV, em Palmas, após um cliente se negar a pagar uma pizza. Um vídeo publicado nas redes sociais mostra o momento em que um dos motoboys empina a moto e a joga na direção do portão. Segundo a Polícia Civil foram registrados dois boletins de ocorrência por lesão corporal.
O caso aconteceu na noite desta quinta-feira (29). Conforme o relatório da polícia, o cliente tinha pedido uma pizza e ao receber a entrega disse que não iria pagar, pois o produto havia sido violado. Em seguida, o dono do restaurante foi até a casa do cliente para verificar a situação, já que segundo ele, não era a primeira vez que ele cancelava o pedido. Os nomes do cliente e dono não foram divulgados.
Motoboys arrombam portão de cliente que se negou a pagar pizza
Reprodução
No local, o dono e o cliente começaram a discutir até que a briga evoluiu para uma agressão. Os dois foram levados para a 2ª Central de Atendimento da Polícia Civil e fizeram os boletins por lesão corporal. Segundo a polícia, eles foram liberados e devem passar por exames.
LEIA MAIS
Pizzaria entrega pizza de papelão a cliente que fez Pix de um centavo e enviou comprovante falso
Suspeitos armados sequestram mãe e filho de 11 anos e são presos em bloqueio policial
Influencer que divulgava ‘jogo do tigrinho’ vira alvo da polícia após ser denunciada por uma vítima
A polícia informou que os motoboys foram na casa do cliente após a discussão. Nas imagens é possível ver vários entregadores, com mochilas de diferentes aplicativos, chegando na frente da casa buzinando. Em um momento, um entregador joga a moto sobre o portão e cai. Depois alguns entregadores chutam o portão.
Entregador joga moto sobre portão de cliente em Palmas
Reprodução
Segundo a polícia, o morador voltou à delegacia e registrou um boletim de ocorrência por danos materiais depois de ter o portão danificado.
Não há informações se os motoboys trabalham diretamente com os deliverys ou se apenas possuem as mochilas com os nomes das empresas.
A polícia disse que uma equipe da 2ª Delegacia Especializada de Repressão às Infrações de Menor Potencial Ofensivo foi até a residência e deve investigar o caso.
Veja as notas das empresas
Ifood
Estamos apurando o caso internamente para identificar se o incidente ocorreu na nossa plataforma e, caso seja confirmado, adotaremos as ações cabíveis, incluindo o banimento dos envolvidos. A empresa reafirma que não tolera qualquer tipo de violência, seja ela cometida por entregador ou por cliente.
É importante destacar que o uso de uma bag com nossa marca não implica necessariamente que a pessoa esteja realizando uma entrega pelo iFood ou que seja um entregador registrado conosco. Vale ressaltar que não exigimos que os entregadores utilizem a bag (mochila) com o logo da empresa para fazer entregas através da nossa plataforma.
Uber Eats
A empresa informou que o Uber Eats não opera no Brasil desde março de 2022.
Tô no Lucro
A Tonolucro deseja comunicar que tomou conhecimento há poucos instantes do recente incidente através das redes sociais. Estamos comprometidos em conduzir uma investigação minuciosa para confirmar se os indivíduos envolvidos são, de fato, prestadores de serviços ativos em nossa plataforma. É importante destacar que nem todos que portam nossa mochila identificada estão atualmente prestando serviços para nosso aplicativo.
Expressamos veementemente nosso repúdio a este acontecimento e afirmamos nossa total disponibilidade para colaborar com as autoridades competentes nas investigações necessárias. Enfatizamos que qualquer forma de violência ou transgressão às leis brasileiras em vigor deve ser rigorosamente investigada e os responsáveis, punidos de acordo com a lei.
📱 Participe da comunidade do g1 TO no WhatsApp e receba as notícias no celular.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.