• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Três integrantes de organização criminosa especializada em fraudes bancárias são presos em operação entre SE e BA


A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública. Viatura da Polícia Civil de Sergipe
Leonardo Barreto/ g1
Um homem, de 36 anos, e duas mulheres, de 43 e 52, investigados por integrarem uma organização criminosa que realizou mais de 40 operações de crédito fraudulentas junto a uma instituição bancária foram presos nesta quarta-feira (28) em Tobias Barreto, Aracaju e Olindina (BA), respectivamente. A prisão aconteceu durante operação realizada em conjunto entre as polícia de Sergipe e Bahia.
✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 SE no WhatsApp
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), as investigações indicaram que o grupo era liderado pelo homem preso na ação policial, que era funcionário de um banco e realizava a abertura de contas e liberação de créditos por meio de documentos e declarações falsas. Já as duas mulheres eram responsáveis por cooptar pessoas para aderir aos golpes e em troca, assim como o investigado, também recebiam uma participação do valor obtido pelos contratantes.
Ainda segundo a SSP, as pessoas cooptadas se passavam por pequenos produtores rurais para receberem os créditos. Muitos, com baixa instrução, nem sabiam o que estavam assinando e não tinham nenhuma condição de arcar com o pagamento dos empréstimos. O prejuízo total, segundo o banco, foi calculado em aproximadamente R$300 mil.
Os presos foram conduzidos ao Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e vão passar por audiência de custódia, ficando à disposição do Poder Judiciário.
As investigações continuam para tentar identificar outros envolvidos na organização. Informações que possam contribiur com a polícia devem ser passadas através do Disque-denúncia, 181.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.