• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Campeão de fisiculturismo que pesou 200 kg perdeu a virgindade aos 29 anos: ‘não posso ter vergonha de falar’


Leonardo Machado perdeu mais de 110 kg e realizou o sonho de vencer uma competição de fisiculturismo. Hoje influenciador fitness, ele usa a própria história para motivar pessoas com sobrepeso a recuperar a autoestima. Homem que pesou mais de 200 kg supera depressão e ganha torneio de fisiculturismo
Leonardo Machado, o homem de 31 anos que pesava 200 kg e hoje é fisiculturista, perdeu a virgindade aos 29. Ao g1, ele explicou, nesta terça-feira (27), tratar o assunto abertamente para ajudar pessoas que sofrem com a baixa autoestima por conta do sobrepeso e, consequentemente, têm dificuldades para se relacionar. “Tinha receio até de falar com as mulheres e me achava uma aberração”, desabafou
✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp.
O morador de São Vicente, no litoral de São Paulo, contou ao g1 ter lidado com a obesidade desde a infância e, somado a outros traumas, desenvolvido depressão. Ele passou por tratamento psicológico e se dedicou aos exercícios físicos, perdendo mais de 110 kg para realizar um sonho quase impossível: tornar-se fisiculturista. Leonardo venceu um campeonato na categoria ‘superação’ em 2023.
‘Leo Mackina’, como também é conhecido, divide a rotina como inspetor de alunos em uma escola e influenciador fitness. Na internet, ele tem como objetivo ajudar pessoas que passam por situações semelhantes e aproximá-las de uma vida saudável.
“Não posso ter vergonha de falar sobre assuntos como a virgindade porque existem outras pessoas passando pelo que passei”, disse ele. “Tinha um complexo enorme com o meu corpo e até receio de falar com mulheres. Me achava uma aberração”.
Leo ‘Mackina’ pesou mais de 200 kg e venceu competição de fisiculturismo
Reprodução/Redes Sociais
Autoestima e relações
Segundo o fisiculturista, a ‘decisão’ de não se aproximar de outras pessoas foi tomada quando tinha 20 anos. Na ocasião, disse ter sido humilhado publicamente por uma mulher com quem desejava se relacionar. “Parece até uma história de filme, mas é real, e falo dessas coisas abertamente”, complementou.
Durante os nove anos até a primeira relação sexual, Leonardo relatou ter se “fechado para o mundo” e desenvolvido o vício no consumo de pornografia. “Cheguei a sentir vergonha até para ir ao mercado, pois me olhavam na rua com pena e ojeriza. Não me cuidava. Usava qualquer roupa, até rasgada, e literalmente não tinha amor próprio”, lembrou ele.
Homem que pesou mais de 200 kg supera depressão e ganha competição de fisiculturismo
Reprodução/Redes Sociais
Anos depois, já inserido em uma rotina saudável e tendo emagrecido dezenas de quilos, Leonardo superou a vergonha e conversou novamente com uma mulher. O contato, segundo ele, aconteceu dentro de uma academia.
“Fiquei bem envergonhado, mas me olhei no espelho e falei: ‘Não sou mais aquele cara, não tem motivo para ter medo e receio. Sou outra pessoa'”, disse Leonardo. “Trabalhei isso na minha mente e, depois, nunca mais tive medo de falar com ninguém”.
Exemplo na internet
Leonardo usa a própria história para motivar pessoas a superar medos e desenvolver hábitos saudáveis. Ele conta com mais de 100 mil seguidores no Instagram, tendo o vídeo da ‘retrospectiva’ até os palcos de fisiculturismo alcançado mais de 13 milhões de visualizações na plataforma.
“Me coloquei nessa posição, de falar sobre essas coisas e mostrar que é possível alcançar seus objetivos, além de dizer para a pessoa que me assiste que ela não está sozinha”, afirmou. “O cara de 200 kg que está me assistindo, quero que ele entenda que passei pelas mesmas coisas”.
Por fim, ele afirmou que o processo até a recuperação da autoestima não é baseado apenas no emagrecimento. “A mudança é muito mais do que ‘só’ parar de comer e treinar, mas sim se redescobrir e entender quem você é”.
Leo ‘Mackina’ pesou mais de 200 kg e venceu competição de fisiculturismo
Reprodução
Leonardo Machado
Ao g1, Leonardo contou ter lutado contra o sobrepeso desde a infância. “Com 11 anos eu já tinha obesidade mórbida”, comentou. Ele acrescentou que, na trajetória até o fisiculturismo, passou por “altos e baixos”, tendo emagrecido e engordado algumas vezes.
A mudança de vida, segundo ele, aconteceu também pelo medo de não passar em um exame admissional após ser aprovado em um concurso público. “Comecei esse ‘projeto’ por conta disso”, explicou.
Leonardo disse ter começado a treinar em 2017, após passar por tratamento psicológico para tratar da depressão e traumas do passado. Ele relatou ter emagrecido 82 kg até 2020, mas voltou a engordar 50 kg no período da pandemia de Covid-19 em que as academias estavam fechadas.
Morador do litoral paulista perdeu mais de 100 kg e passou por cirurgia para a retirada de pele
Reprodução/Redes Sociais
Com as academias novamente abertas, ele voltou a treinar no final de 2021, chegando a pesar 135 kg em abril de 2022. Leonardo, mais uma vez, teve a rotina de exercícios interrompida, pois quebrou o pé em um acidente doméstico.
“Esse foi o diferencial da minha vitória ser tão grande: a persistência. Minha história parece ser de filme, mas é real”, celebrou Leonardo.
Determinado a alcançar os palcos de fisiculturismo, ele retornou aos treinos gradualmente e, em janeiro de 2023, já pesava 89 kg. Leonardo então se submeteu a uma cirurgia para a retirada da pele na região abdominal no mês seguinte.
Em dezembro de 2023, o sonho de competir em um torneio de fisiculturismo se tornou realidade. Leonardo venceu a categoria ‘superação’ daquela edição do evento Favela Classic, da São Paulo Fisiculturismo e Fitness.
“Sofri muita coisa na minha vida. Não só durante o emagrecimento. Não foi à toa que cheguei a pesar 200 kg”, disse Leonardo. “Sou religioso, e acredito que Deus não dá nenhuma cruz que a gente não possa carregar. No meu caso, ele deu uma bem pesada”, brincou.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Adicionar aos favoritos o Link permanente.