• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Menino de 6 anos tem morte por dengue confirmada em Sooretama, no ES


Essa é a terceira morte causada pela doença no estado desde o início do ano. Outras mortes ocorrem em Laranja da Terra e Linhares. Mosquito transmissor da dengue
Rogério Capela/PMC
A Prefeitura de Sooretama, Norte do Espírito Santo, confirmou que a morte de um menino de 6 anos, morador do município, foi por dengue. O óbito foi notificado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) no boletim divulgado nesta quinta-feira (22). O caso era considerado suspeito e estava sob investigação. O falecimento da criança, que não teve o nome divulgado, ocorreu no dia 19 de janeiro deste ano.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Na época da morte da criança, a Secretaria Municipal de Saúde da cidade informou que a mãe do menino buscou atendimento para o filho na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Geraldo Inácio dos Santos, no dia 18 de janeiro, uma quinta-feira, com relatos de vômito, náuseas e diarreia.
Dengue no ES: Veja a quantidade de vacinas que 23 cidades vão receber e quem vai poder vacinar
Ele recebeu atendimento, com os procedimentos necessários, reidratação venosa, além de exames complementares para diagnóstico, afirmou a pasta. A criança permaneceu em observação, até que apresentou um quadro de melhora e recebeu alta, sendo orientada a voltar caso apresentasse alguma mudança nos sintomas.
No dia seguinte, o menino piorou e foi necessário levá-lo para uma unidade de referência em Linhares, onde morreu.
📲 Clique aqui para seguir o canal do g1 ES no WhatsApp
Em nota, nesta sexta-feira (23), a Prefeitura de Sooretama informou que a Sesa notificou o município informando a causa da morte da criança na última sexta-feira (17).
Terceira morte por dengue no ES
Essa é a terceira morte por dengue confirmada no Espírito Santo desde o início do ano. A primeira foi em Laranja da Terra, relatada no boletim divulgado no dia 15 deste mês. A vítima era uma criança portadora de comorbidade neurológica grave desde o nascimento, cujo quadro de saúde foi agravado pela dengue, levando-a a óbito no dia 2 de fevereiro.
LEIA TAMBÉM:
Empresário é morto a tiros dentro de caminhonete e irmão fica ferido em Colatina
Corpo encontrado em casa alugada por aplicativo: Como funciona o golpe de programa sexual que acabou em morte no ES
A Prefeitura de Linhares também confirmou uma morte por dengue de uma mulher de 56 anos, identificada como Elisceia Cardoso da Silva. Ela era moradora do bairro Lagoa do Meio, tinha comorbidades e veio a óbito no dia 7 de fevereiro.
A Secretaria da Saúde do estado informou que foram notificados, no Espírito Santo, 25.276 casos de dengue até a Semana Epidemiológica (SE) 7. Mais 11 óbitos estão em investigação. O prazo para confirmação dos óbitos por dengue é de 60 dias.
Vídeos: tudo sobre o Espírito Santo
Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

Adicionar aos favoritos o Link permanente.