• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

A-50U: avião militar russo que Ucrânia disse ter derrubado tem super radar que detecta alvos a 650 km e vale R$ 1,6 bilhão


O A-50U é uma versão atualizada do A-50, originada na União Soviética em 1978. Imagem de aeronave que as forças ucranianas dizem ter derrubado
Reprodução/@DefenceU
As Forças Aéreas da Ucrânia afirmaram nesta sexta-feira (23) que derrubaram um radar russo A-50U, uma aeronave militar de detecção e controle —que, segundo a Ucrânia, vale US$ 330 milhões (R$ 1,6 bilhão).
As Forças Aéreas não especificaram onde a aeronave foi derrubada —se na Ucrânia ou na Rússia.
As forças russas não fizeram nenhum comentário sobre a queda da aeronave, mas autoridades de emergência da região de Krasnodar, em território russo, disseram que um avião caiu na área. Diversos blogueiros que cobrem o universo militar russo confirmaram a derrubada do avião, e parte deles diz que foi “fogo amigo” que derrubou a aeronave –ou seja, foi uma confusão das próprias forças russas.
Se for confirmada, essa será a segunda perda de um A-50 em cerca de um mês. Autoridades da Ucrânia afirmaram que derrubaram uma aeronave igual que sobrevoava o Mar de Azov em 14 de janeiro. Os militares russos nunca reconheceram nem negaram isso, mas blogueiros russos e veículos de mídia do país confirmaram.
O A-50U em detalhes
O A-50U é uma versão atualizada do A-50, originada na União Soviética em 1978, produzida pela empresa Concern Vega e pelo Complexo Científico-Técnico de Aviação Beriev Taganrog.
O A-50U é um avião radar de longo alcance, capaz de detectar alvos a uma distância de até 650 quilômetros. É considerada uma aeronave fundamental por transmitir informações precisas para as tropas no solo.
A aeronave carrega um grande radar em sua parte superior e geralmente tem uma tripulação de 15 pessoas. A Força Aérea Russa opera uma frota de apenas nove dessas aeronaves.
Esses aviões são ferramentas essenciais para ajudar a direcionar os movimentos de campo de batalha russos na Ucrânia. O A-50U é projetado para detectar, rastrear e identificar alvos aéreos, terrestres e marítimos, podendo ajudar a orientar caças para alvos aéreos e aeronaves de linha de frente para alvos terrestres e marítimos.
A guerra na Ucrânia começou há dois anos, em 24 de fevereiro de 2022, quando a Rússia invadiu o território ucraniano. Nos meses iniciais, houve um rápido avanço russo, mas entre maio de 2023 e fevereiro deste ano a situação territorial dos dois países pouco mudou.
Guerra da Ucrania
GETTY IMAGES
No ano passado, a Ucrânia fez uma contraofensiva para recuperar parte do território que os russos conseguiram ocupar, em ação tida como fracassada.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.