• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Mulher presa com mais de 40 kg de cocaína em navio tem prisão mantida e é transferida para presídio na Bahia


PF diz que suspeita levava drogas para dentro da embarcação a cada parada em portos. Mulher foi detida em Ilhéus e ficará presa em Itabuna, no sul do estado. Mulher é presa após ser encontrada com mais de 40 kg de cocaína em cruzeiro na BA
PF
A mulher detida após ser encontrada com mais de 40 kg de cocaína em um navio atracado no Porto de Ilhéus, no sul da Bahia, teve a prisão mantida nesta sexta-feira (23). Ela será transferida para o presídio de Itabuna, na mesma região.
📱 NOTÍCIAS: faça parte do canal do g1BA no WhatsApp
A suspeita, que foi detida na quarta (21), carregava 4,5 kg da droga no corpo e outros 42 kg dentro de uma mala, guardada em uma das cabines da embarcação.
Mulher é presa com mais de 40 kg de cocaína em navio de cruzeiro na BA; droga estava em mala e no corpo da suspeita
Polícia Federal e Guarda Portuária apreendem 47 kg de cocaína em porto na Bahia
Segundo a Polícia Federal (PF), a substância era levada para dentro do navio em pequenas quantidades a cada parada. Um outro suspeito de envolvimento no crime foi identificado, mas ainda não foi preso.
LEIA TAMBÉM:
Suspeito de tráfico de drogas é preso na RMS
Cinco pessoas são presas em operação da PF na BA
Antes de chegar em Ilhéus, a embarcação saiu do porto de Santos, em São Paulo, e passou por Salvador. Após a parada no sul da Bahia, o navio segue para o Rio de Janeiro e, na sequência, retorna para Santos.
Embora a viagem vá ser concluída em território nacional, a PF acredita que a droga tinha como destino final o exterior, devido ao seu alto teor de pureza.
Mulher é presa após ser encontrada com mais de 40 kg de cocaína em cruzeiro na BA
PF
Suposto comparsa
Um homem que estava com a suspeita também foi identificado pelos agentes, que desconfiaram da ligação dele com o tráfico de drogas.
Mas, inicialmente, houve dificuldade em localizá-lo por conta da quantidade de ocupantes na embarcação — o navio tem 4 mil passageiros e 1,2 mil tripulantes.
Polícia Federal dentro do navio, no porto de Ilhéus
Polícia Federal
Com a embarcação já em alto-mar, o suspeito foi encontrado e a cabine em que ele se hospedou, a mesma da mulher já detida, foi lacrada.
O homem não foi preso porque o navio estava em alto-mar, em deslocamento para o Rio de Janeiro. Como a previsão de chegada é no sábado (24), a PF aguarda o posicionamento do Judiciário para saber se a prisão do suspeito também será decretada.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

Adicionar aos favoritos o Link permanente.