• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Justiça determina prisão de empresário condenado a 22 anos por estuprar filho de 3 anos em Teresina


O homem foi condenado a 22 anos, seis meses e dois dias de prisão por estupro de vulnerável cometido três vezes contra o filho. Nesta quinta-feira (22), a ordem de prisão contra ele foi expedida, e o homem passou a ser considerado foragido. Tribunal de Justiça do Piauí
Izabella Lima/g1
O Tribunal de Justiça do Piauí determinou, na quinta-feira (22), a prisão de um empresário condenado a 22 anos de reclusão pelo crime de estupro de vulnerável contra o próprio filho quando tinha 3 anos em Teresina. Na capital, o homem era proprietário de uma rede de pizzarias que já não está mais ativa.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Segundo o advogado da vítima, ‎Hemington Frazão, o crime foi descoberto em 2015 quando a vítima, que tinha 3 anos, contou para a mãe o que o pai fazia. O caso foi então denunciado à Polícia Civil, que investigou o denunciou o homem à Polícia. No mesmo ano a Justiça iniciou o processo de julgamento do caso.
“A sentença que condena o réu foi proferida em 2018. Ele recorreu, mas não foi aceito e apresentou todos os recursos possíveis, o processo viajou pelo STJ, pelo STF, tudo que ele pôde apresentar ele apresentou e agora no final do ano de 2023, com todos os recursos esgotados, o processo voltou pra o tribunal de origem para iniciar o cumprimento da pena”, explicou o advogado.
Nesta quinta (22), a ordem de prisão contra ele foi expedida, e o homem passou a ser considerado foragido.
Ainda segundo o advogado da vítima, o empresário foi preso em 2019 por outro processo, de pensão alimentícia que não foi paga ao filho. Ele foi solto 14 dias depois, após o pagamento da dívida.
Conforme a sentença, o réu foi condenado a 22 anos, seis meses e dois dias de prisão em regime fechado por estupro de vulnerável cometido três vezes contra o filho.
📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí
📲 Acompanhe o g1 Piauí no Facebook, no Instagram e no Twitter
📲 Siga o canal do g1 PI no WhatsApp
VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube

Adicionar aos favoritos o Link permanente.