• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Empresa é condenada a indenizar funcionário por instalar câmera em banheiro


De acordo com a justiça do trabalho, o trabalhador alegou que a câmera de monitoramento gerava constrangimento aos funcionários. Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em Minas Gerais
Leo Andrade/TRT/Divulgação
Uma mineradora foi condenada a pagar uma indenização para um ex-funcionário. O motivo? A instalação de uma câmera no banheiro da empresa.
De acordo com a justiça do trabalho, o trabalhador alegou que, no vestiário em que realizava a troca de uniformes, havia uma câmera de monitoramento, o que gerava constrangimento aos funcionários.
Em defesa, a empresa afirmou que instalou a câmera em comum acordo com os trabalhadores, na tentativa de coibir furtos e garantir a segurança dos usuários e que as imagens se destinavam a uso somente em boletim de ocorrência policial.
Mas, ao decidir o caso, o magistrado entendeu que a empresa não produziu prova convincente de que a câmera foi colocada por solicitação também do autor.
“Cada ser tem direito a que sua intimidade seja preservada”, destacou na sentença, ponderando que, mesmo que não houvesse troca de roupa dentro do vestiário, o simples fato da filmagem autoriza o dever de indenizar.
Diante disso, a empresa foi condenada a pagar a quantia de 3 mil reais ao ex-funcionário.
Vídeos do Leste e Nordeste de MG
Veja mais notícias da região em g1 Vales de Minas Gerais.
Veja mais notícias da região em g1 Vales de Minas Gerais.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.