• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

‘Dia D’ contra a dengue: região de Campinas realiza mutirão de combate à doença neste sábado


Ações fazem parte de uma campanha da EPTV em parceria com prefeituras e acontece em pelo menos 19 cidades; veja locais e horários. Sábado é ‘Dia D’ no combate ao Aedes Aegypti nas regiões de Campinas e Piracicaba
Em meio a preocupação com o aumento de casos de dengue, a EPTV, em parceria prefeituras da região de Campinas (SP), promove, neste sábado (24), o “Dia D” contra a doença – veja abaixo a relação dos municípios participantes, com locais e horários.
📲 Participe do canal do g1 Campinas no WhatsApp
O mutirão faz parte da 7ª Campanha Regional de Combate ao Aedes Aegypti, campanha que acontece desde 2016 e busca atingir os municípios da área de cobertura da emissora com iniciativas regionais de conscientização e eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti.
👉 Como vai funcionar? Além da região de Campinas (SP), a ação também acontece em outras áreas de atuação da emissora: Piracicaba, Ribeirão Preto, São Carlos e Varginha. As prefeituras que aderiramm à campanha também desenvolvem ações simultâneas de combate ao mosquito.
A iniciativa visa eliminar criadouros do mosquito que transmite não apenas a dengue, mas também zika vírus e chikungunya.
✅ QUIZ: o que é mito ou verdade sobre a dengue?
Aedes Aegypti pode causar doenças graves além da dengue, como febre amarela, chikungunya e zika vírus
Jornal Nacional/Reprodução
🏥 Campinas pode ter pior epidemia da história
Maior cidade da região, Campinas, com 1,1 milhão de habitantes, tem 7,2 mil casos confirmados de dengue até esta sexta (23), de acordo com a prefeitura, e a evolução de casos faz com que, de acordo com um especialista ouvido pelo g1, a metrópole possa registrar uma das piores epidemias da doença na história.
“Eu acredito que deve ser um ano entre os piores já registrados porque começou muito precocemente e ainda vai ter muito tempo para a dengue continuar transmitindo”, destacou o médico epidemiologista André Ribas Freitas.
Antes mesmo de dois meses completos, 2024 já aparece no ranking entre os anos com mais casos da doença – o recorde é de 2015, com 65 mil infectados e 22 mortes. Situação que preocupa, e a prefeitura aponta alguns fatores que podem contribuir para aumento de casos:
As condições climáticas (calor e chuva);
Alta infestação do mosquito transmissor;
Circulação simultânea de três sorotipos da dengue (entenda abaixo).
LEIA TAMBÉM:
Dengue: três sorotipos e orientação do Ministério da Saúde sobre diagnóstico explicam alta nas internações em Campinas
Dengue: em meio a alta de casos, Campinas muda protocolo para atender pacientes com sintomas; saiba quando procurar médico
Dengue: epidemia em Campinas este ano deve ficar entre as piores da história, diz especialista
Campinas pode ter pior epidemia da história
EPTV
🏡Cidades que participam do mutirão
Americana
Local: Bairro Antonio Zanaga
Horário: 9h às 16h

Artur Nogueira
Locais: bairros Jardim do Lago, Parque residencial Itamaraty e Jatobá
Horário: 8h30 às 12h

Campinas
O Mutirão ocorrerá na região do Centro de Saúde União de Bairros – abrangendo os seguintes bairros: Vila Vitória, Mauro Marcondes, Vida Nova I, Vida Nova II e Parque Aeroporto.
Ponto de encontro: CEI Dulcineia Regina Bittencourt Alves
Endereço: Rua Plínio de Moraes, 117 – Conj. Hab. Vida Nova
Horário: 8h às 12h

Espirito Santo do Pinhal
Local: Bairro São Judas e Jardim das Rosas
Horário: 7h às 12h

Estiva Gerbi
Local: em toda a cidade
Horário: 8h

Holambra
Local: vários bairros da cidade
Horário: 8h30 às 12h

Hortolândia
Local: a definir
Horário: a definir

Indaiatuba
Local: áreas de transmissão de casos e ações educacionais o Centro da cidade
Horário: 8h30 às 16h

Itapira
Local: Complexo Vila Ilze e Cubatão
Horário: 8h às 12h

Lindoia
Local: em toda a cidade
Horário: 8h30 às 12h

Louveira
Local: Jardim Ana Maria
Horário: 8h às 12h

Mogi Guaçu
Local: Jardim Ipê Amarelo
Horário: 7h às 13h

Mogi Mirim
Local: em toda a cidade
Horário: durante o dia

Monte Mor
Local: Jardim Progresso
Horário: 8h às 12h

Santo Antônio de Posse
Local: Rua São Carlos
Horário: 8h ás 14h

Serra Negra
Local: Bairro São Luiz, Francos
Horário: durante o dia

Sumaré
Local: Maria Antonia
Horário: 9h

Tuiuti
Local: Praça Major Felício – Centro
Horário: 8h às 17h

Vinhedo
Local: bairros São Joaquim, Jardim. Santo Antônio, Parque Santa Rosa, Jardim Florido, Estrada Intermunicipal de Vinhedo
Horário: 8h às 16h
Para saber mais detalhes do projeto e atualização sobre as iniciativas que acontecem em cada cidade acesse o site.
📑 Orientações contra reprodução do Aedes aegypti
A dengue causa sintomas como febre associada a dor de cabeça, dor no corpo, dor atrás dos olhos, manchas vermelhas, vômitos e dor abdominal. A Prefeitura de Campinas orienta pessoas que apresentarem esses sintomas a procurarem o serviço de saúde para avaliação médica.
Veja algumas das medidas de prevenção:
Utilize telas de proteção com buracos de, no máximo, 1,5 milímetros nas janelas de casa
Deixe as portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol
Mantenha o terreno limpo e livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros
Tampe os tonéis e caixas d’água
Mantenha as calhas limpas
Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo
Mantenha lixeiras bem tampadas
Deixe ralos limpos e com aplicação de tela
Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia
Limpe com escova ou bucha os potes de água para animai
Limpe todos os acessórios de decoração que ficam fora de casa e evite o acúmulo de água em pneus e calhas.
Coloque repelentes elétricos próximos às janelas – o uso é contraindicado para pessoas alérgicas
Velas ou difusores de essência de citronela também podem ser usados
Evite produtos de higiene com perfume, pois podem atrair insetos
Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas

Adicionar aos favoritos o Link permanente.