• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Renan Monteiro lança single “S.O.S”

Em “S.O.S”, Renan narra a história de um personagem que se encontra em um relacionamento, mas que ainda nutre sentimentos por um amor antigo

O Brasil é um celeiro de novos talentos da música, que brotam a todo instante como se fosse mágica. Mas, diferente do que imaginamos, esses talentos não surgem assim do nada. Se a gente for buscar a origem de cada um deles, veremos que por trás dela tem toda uma história de luta, de altos e baixos, de negativas, de desilusões e sofrimentos, que se repete durante anos, até que um dia, pela força da persistência e principalmente pela competência, surge, de repente, aos nossos olhos, um novo talento. É o caso de RENAN MONTEIRO, um jovem cantor sertanejo que depois de muitos anos de luta surge agora com uma canção que tem tudo para se transformar num hit e elevar o artista a um nível de reconhecimento nacional.

“S.O.S” é uma música composta por Anderson Marreta que expressa a indecisão e os sentimentos ambíguos de um relacionamento.

Nascido na cidade de Ibitinga, interior do Estado de São Paulo em 1992, Renan Henrique de Souza fez seu primeiro contato com a música aos nove anos de idade, por meio dos seus tios Vanderlei Ferreira da Silva e Reginaldo de Souza Neri, que na época formavam a Dupla sertaneja Denis e Delley e faziam grande sucesso sempre com agenda lotada. Dennis e Delley acreditavam no potencial do menino Renan e deram a ele a oportunidade de participar de vários dos seus shows. Infelizmente pouco tempo depois os seus tios encerraram a Dupla, gerando um pouco de frustração no menino, mas ao mesmo tempo despertando nele o instinto de lutador, a convicção de acreditar em si mesmo e a vontade de buscar os seus sonhos.

Foi então que Renan teve a ideia de tentar uma carreira como Dupla sertaneja e em 2013 formou a Dupla Bruno Henrique e Renan, que por falta de experiência e de apoio veio a ter uma curta duração de apenas três meses. Logo em seguida em 2014 formou a dupla Jadson e Renan, com um dos seus tios, o Reginaldo de Souza Neri, que foi o Dennis da antiga dupla Dennis e Delley, e que então passou a ser o Jadson. Essa dupla trouxe para Renan uma visibilidade e um destaque maior no mundo da música, pois seu tio já era muito respeitado no meio. Infelizmente, por motivos aleatórios, a dupla teve apenas oito meses de carreira, mas tanto a primeira como a segunda experiência trouxeram uma importante bagagem para Renan, forjando nele a personalidade musical que tem hoje.

Renan, então, decidiu seguir carreira solo, adotando o nome artístico de Renan Monteiro. A partir daí começou a realizar shows em barzinhos da cidade de Ibitinga, aperfeiçoando cada vez mais o seu dom inato, a sua voz, fazendo muito sucesso e adquirindo cada vez mais experiência. Um fato curioso é que paralelamente Renan trabalhava como técnico de enfermagem na Santa Casa de Ibitinga e aí aflorou uma das qualidades que ele tem de melhor, o seu lado humano, pois sempre tentava passar para os pacientes da UTI a alegria, a emoção e a esperança de que tudo poderia mudar para melhor, mesmo ali não sendo o melhor lugar onde as pessoas pudessem acreditar nisso. Animava, com seu canto e sua alegria, as pessoas no leito do hospital, essa mesma alegria que hoje Renan divide nos palcos por onde passa.

Em novembro de 2015 recebeu de dois amigos, Eliberto Mendes e Serginho Santos a música “Fazer bebê”, que trouxe para Renan momentos importantes para sua carreira, música que ele canta até hoje em seus shows. Nesse mesmo ano Renan também realizou o sonho de gravar seu primeiro vídeo clipe, num local já renomado, o Caipiródromo de Ibitinga, onde ele pôde mostrar realmente o que tinha de melhor, surpreendendo até mesmo a imprensa local.

De lá para cá Renan Monteiro tem realizado diversos trabalhos, destacando-se o DVD – Minha Essência – gravado em 2023, onde o cantor interpreta músicas clássicas como “Programa de fim de semana” (Ivanildo Medeiros de Oliveira/Nildomar Francisco Dantas), “Ciúme exagerado” (Edson/Hudson), “Morro de saudade” (Zé Henrique), “Vem me amar” (Marcelo/Fabricio Matias) e outras. Recentemente, já em 2024 gravou o single “SOS” (autoria de Anderson Marreta).

Renan Monteiro está hoje sob os cuidados do escritório Sandra Muniz Produções e continua morando em sua cidade natal, Ibitinga SP. Tem sua agenda quase que sempre lotada com várias datas de shows como também compromissos com rádios e TV. Um talento que está apenas iniciando um vôo que o levará às alturas. Espere e verá!

Conversando com Renan Monteiro
Renan, o que é a música para você?
“Para mim a música é tudo. Uma frase que resume o que penso é do filósofo Friedrich Nietzsche, que afirma que sem a música a vida seria um erro, pois a música encanta, nos embala, nos permite extravasar sentimentos, recordar momentos tristes ou felizes, faz lembrar pessoas.  A música é sem dúvida a cor da nossa vida”.

– Quais os seus projetos para o momento?

“Gravação de um clipe do single SOS, gravar outros singles futuros e também outro DVD”.

– Quais são as suas influências musicais?

“Bruno e Marrone, Zezé Di Camargo e Luciano, Cristiano Araújo entre outros”.

– O que acha do estilo de música sertaneja atual?

“O sertanejo vem recentemente com algumas mudanças, mistura de ritmos, conforme o cenário musical. Infelizmente ou felizmente é assim que a roda gira. Vende o ritmo que tá bombando. A obrigatoriedade de lançamentos contínuos é com os ritmos que estão em alta! Aí cada um segue no seu gosto/estilo. Por exemplo: Até pouco tempo o ritmo do momento, marcante, era a Bachata! Todos gravaram nesse ritmo, cada um colocando seu estilo/marca. O cara que não segue isso é de algum escritório renomado, onde já é muito bem conhecido e pode criar um estilo mais a seu gosto, uma nova tendência”.

– Como se identifica nesse contexto? Qual o seu estilo?

“Gosto do romântico, com letras românticas, misturado com um estilo mais de pegada e ostentação. Composições de ostentação, porém puxando pra Bachata. Mas pratico um sertanejo eclético, onde misturo o raiz, universitário, com funk, forró e romântico, afinal vivo da música e procuro produzir o que os contratantes procuram.”

– Nos dias de hoje as redes sociais são fundamentais na carreira do artista. Como se relaciona com elas?

“As redes sociais e as plataformas digitais são fundamentais. Afinal, quem não é visto não é lembrado. Elas têm um resultado rápido e simultâneo em todos os lugares. É um dos pilares da divulgação”

– Que importância você dá à mídia rádio atualmente?

“Importantíssimo! A força do rádio pra mim é única, inigualável. É o pilar principal. Sem o rádio… esquece! Tem a TV também, mas essa vem como a cereja do bolo”

– Que mensagem deixaria para os seus fãs?

“Nunca desista de seus sonhos. Se você pretende viver de música busque, persista, se doe, tente sempre melhorar, se destacar, leve a sério e não como apenas um hobby. Se é apenas amante da música e é meu fã, siga minha caminhada, curtindo, se divertindo, mas também com críticas construtivas para que eu possa estar sempre evoluindo e lhe entregando o melhor”.

>> Instagram: @renanmonteirooficial

Imagens: Wellington Gonçalves

 

#tonamidia #uiarazangolin #renanmoteiro

Adicionar aos favoritos o Link permanente.