Morre mulher que foi baleada e esfaqueada pelo irmão por discussão provocada por alicate em Garanhuns


Maria Adeilda Camilo, de 53 anos, estava internada no Hospital da Restauração, no Recife. Maria Adeilda Camilo, de 53 anos, morreu no Hospital da Restauração, no Recife
Arquivo pessoal
Na madrugada desta sexta-feira (14), morreu Maria Adeilda Camilo, de 53 anos, que foi esfaqueada e baleada pelo irmão em Garanhuns, no Agreste. A mulher estava internada desde a última teça (11) no Hospital da Restauração, no Recife, desde que foi abordada pelo homem após uma discussão provocada por um alicate.
Homem é preso suspeito de tentar matar irmã a tiros e facadas em Garanhuns
Maria Adeilda estava internada em estado grave no Recife, passou por cirurgia e o estado de saúde era considerado grave. O falecimento foi confirmado pelo hospital às 1h45 por meio de nota ao g1.
Irmão foi preso
Homem foi preso em Garanhuns
Joab Alves/TV Asa Branca
O autor dos disparos e facadas, que não teve a identidade divulgada pela polícia, foi preso na última quarta-feira (12) em Garanhuns. O homem foi preso em uma operação da 22ª Delegacia de Homicídios no Sítio Travessão, na zona rural de Garanhuns.
Durante a fuga, o homem, que é irmão da vítima, jogou um revólver calibre 38 carregado com munições e confessou ter matado a irmã. Ele foi encaminhado à delegacia e deve passar por audiência de custódia.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.