Limites de velocidade nas avenidas Orlando Gomes e Professor Pinto de Aguiar em Salvador são reduzidos para 60km/h no sábado


De acordo com a Transalvador, 9 mil motoristas ultrapassaram a velocidade na Pinto de Aguiar durante o período de testes. Já na Orlando Gomes, os radares flagraram 7.500 condutores. Limites de velocidade nas avenidas Orlando Gomes e Professor Pinto de Aguiar são reduzidos para 60km/h
Divulgação/ Transalvador
As pessoas que ultrapassarem os limites de velocidade das avenidas Orlando Gomes e Professor Pinto de Aguiar, em Salvador, que foram reduzidos para 60 km/h, a partir de sábado (15), serão multadas.
A velocidade permitida era de 70km/h em ambos locais A mudança foi divulgada no dia 13 de março, pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). Neste período, os radares de fiscalização eletrônica não registraram os casos de veículos que transitaram nas vias excedendo os 60 km/h.
Segundo o secretário da Transalvador, Décio Martins, 9 mil motoristas ultrapassaram a velocidade na Pinto de Aguiar durante o período de testes. Já na Orlando Gomes, os radares flagraram 7.500 condutores.
“A partir de amanhã nós passamos, efetivamente, a cobrar a nova velocidade. Quero lembrar que, nesse período, 9 mil pessoas andaram acima de 60 km/h na Avenida Pinto Aguiar, então quero pedir para essas pessoas redobrarem a atenção”, disse o secretário.
De acordo com a Transalvador, a readequação da velocidade integra um projeto em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária, que tem o intuito de reduzir o número de acidentes graves na capital.
Ainda de acordo com a Transalvador, a sinalização já está sendo modificada nesta semana alertando sobre alteração. Letreiros eletrônicos também serão instalados provisoriamente na via para informar sobre a alteração.
“A Transalvador não tem interesse em multar ninguém, então colocaremos, novamente, aqueles letreiros eletrônicos”, disse Décio Martins.
O novo limite de velocidade aconteceu após análise do fluxo e estudo do comportamento do trânsito ao decorrer dos anos, que envolve número de acidentes e vitimados nos locais.
Somente em 2022, a Transalvador registrou 11 acidentes na Orlando Gomes, que deixaram 10 pessoas feridas e duas mortas. Já na Pinto de Aguiar, foram notificados 17 acidentes na via, com 17 pessoas feridas e duas mortas.
Duas avenidas de Salvador têm limite de velocidade reduzido
Um levantamento mais recente realizado por consultores da Iniciativa Bloomberg constatou, a partir de registros feitos pelos radares da Transalvador, que a velocidade média de tráfego de veículos na Av. Orlando Gomes é de 47 km/h, enquanto na Pinto de Aguiar é de 44 km/h, portanto, inferiores aos 60 km/h.
Por dia, transitam aproximadamente 10 mil veículos pela Orlando Gomes, somente no sentido Paralela, e 9 mil automóveis no sentido Orla. Na Pinto de Aguiar o fluxo diário chega a cerca de 6 mil automóveis com destino à Orla e 14 mil veículos no sentido Paralela.
A Transalvador informou que desde 2019, todos os 12 locais que tiveram as velocidades máximas readequadas apresentaram reduções no número de vítimas no trânsito. O caso de maior destaque é a Av. Joana Angélica, no centro da cidade, que teve a velocidade reajustada em dezembro de 2020 e apresentou uma redução de 71% nas vítimas, passando de 14 para 4.
A Av. Luís Eduardo Magalhães, que teve a velocidade máxima readequada em janeiro de 2020 para 70 km/h, foi a via que apresentou a maior queda em números absolutos. Nos 24 meses anteriores à alteração a Transalvador registrou 108 vítimas em decorrência de acidentes na via, contra 59 vítimas nos 24 meses após a redução.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

Adicionar aos favoritos o Link permanente.