Rui Costa diz que governo não mudará regra de isenção para compras internacionais

A declaração foi feita em entrevista à rádio CBN, na manhã desta sexta-feira (14). O ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, disse que o governo não mudará a regra de isenção para compras internacionais. A declaração foi feita em entrevista à rádio CBN, na manhã desta sexta-feira (14).
Porém, antes. a Receita Federal anunciou que acabará com isenção de imposto para encomendas internacionais de até US$ 50 (cerca de R$ 250) entre pessoas físicas.
O imposto equivale a 60% sobre o valor aduaneiro da encomenda, que soma o valor da compra e o preço do frete. Veja alguns exemplos:
Se você comprou uma blusa de R$ 50 e o frete foi de R$ 10, a taxação seria de R$ 36 (60% de R$ 60). Logo, o valor final da compra sairia por R$ 86.
Se o valor da sua compra foi R$ 200 e o frete R$ 25, o imposto cobrado será R$ 135 (60% de R$ 225). E a soma final seria de R$ 335.
*Esta matéria está em atualização

Adicionar aos favoritos o Link permanente.