Chaleira elétrica: saiba se vale a pena ter um aparelho só para ferver água


A chaleira pode só ter uma função, mas também tem mais usos do que apenas preparar chá, como ajudar na limpeza, e pode ferver um litro de água em apenas 3 minutos. Chaleira elétrica: vale a pena ter um aparelho só para ferver água?
Verônica Medeiros/g1
A chaleira elétrica foi feita para facilitar uma das tarefas mais simples do dia a dia: ferver água. E sim, para quem tem outras prioridades na lista, pode parecer uma compra um pouco desnecessária.
No entanto, dependendo do modelo, esses aparelhos conseguem ferver um litro de água de 3 a 5 minutos (comparados aos cerca de 10 minutos do fogão e do microondas). São úteis para deixar o preparo de bebidas quentes mais prático e ainda ajudam na hora de cozinhar e de limpar.
Além disso, os aparelhos modernos desligam sozinhos ao chegar na temperatura desejada. A parte que esquenta, a base, se separa do corpo da chaleira e é ligada na tomada por um fio.
Outros guias:
FORNO COM AIRFRYER: vale a pena? g1 testa 4 versões do produto
CÂMERA DIGITAL: tire fotos melhores que as do celular
COOKTOP: conheça os tipos e as diferenças para o fogão comum
TODOS OS GUIAS
Algumas chaleiras ainda têm funções extras, como seleção de temperatura. Portanto, na hora de escolher o melhor modelo, é importante considerar qual uso você fará da chaleira e o custo-benefício oferecido pelo produto.
Veja abaixo uma seleção de modelos de chaleiras elétricas cujos preços iam de R$ 108 a R$ 750, em abril, nas principais lojas on-line.
No fim da reportagem, leia sobre dicas do que você considerar antes de comprar seu aparelho.
Arno Soleil
A Soleil da Arno é uma chaleira de plástico com capacidade de 1,7 litro.
Ela tem potência de 1.500 W, mas não possui funcionalidades além de ferver a água.
Com garantia de 1 ano, o produto custava R$ 320, em abril, nas lojas on-line consultadas.
Cadence Thermo One
A Cadence Thermo One é uma chaleira elétrica de plástico com capacidade de 1,7 litro.
Tem apenas a função de ferver água e sua potência é de 1.200 W.
Possui garantia de 1 ano. Em abril, era encontrada por R$ 108 nas principais lojas da Internet.
Electrolux EKP70
A EKP70, da Electrolux, é uma chaleira de 1,7 litro feita em inox.
Com potência de 1.250 W, o modelo vem com sete níveis de temperatura entre 40°C e 100°C para escolher e função de manter a água aquecida.
Em abril, o preço do produto era R$ 750, nas grandes lojas do mercado. Sua garantia é de 1 ano.
EOS Premium Inox 11
A chaleira Premium Inox 11, da EOS, tem 1,8 litro de capacidade e é feita em inox.
O modelo tem potência de 1.150 W e tem apenas a função de ferver água.
Possui garantia de 1 ano. O produto custava R$ 166, em meados de abril, nas lojas on-line consultadas.
Oster Digital Chrome
A chaleira Digital Chrome, da Oster, é produzida em inox e tem 1,7 litro de capacidade.
É a mais potente da lista, com 1.850 W. O modelo possui apenas a função de ferver a água.
Com garantia de 1 ano, o produto era vendido por R$ 330, em meados de abril, nas principais lojas on-line.
Philco Digital Glass PCHD
A Digital Glass PCHD é a chaleira de 1,7 litro da Philco, feita em vidro e inox.
O modelo tem potência de 1.200 W e vem com seleção de temperatura entre 50°C e 90°C.
Sua garantia é de 360 dias. Em abril, seu preço era R$ 380 nas grandes lojas on-line.
Tramontina By Breville Transparenza
A Tramontina By Breville Transparenza tem capacidade de 1,7 litro e é feita em vidro e aço inox.
Esse modelo possui apenas a função de ferver água. Sua potência é de 1.500 W.
Com garantia de 1 ano, o produto custava R$ 713, em abril, nas lojas da Internet.
No que prestar atenção na hora da compra
PARA QUE VOCÊ VAI USAR? A chaleira elétrica existe para facilitar e agiliza qualquer atividade que precise de água quente. Pode ser desde fazer chá ou café até usar a água para ajudar na limpeza de superfícies ou pratos engordurados.
“Eu uso todos os dias, várias vezes ao dia”, conta Maelí Bitencourth, técnica em alimentos que usa a chaleira em casa e na sorveteria onde trabalha.
“Para quem mexe com chocolate e com gordura, é maravilhoso. Para quem não tem máquina de lavar louça, facilita muito para tirar gordura de pratos e panelas. Assim que vou começar a lavar a louça, já ligo a chaleira”, conta a técnica.
O aparelho também é útil para preparos na cozinha. “Na loja, fazemos churros. Colocamos os ingredientes em uma bacia e jogamos a água quente, porque os ingredientes precisam ser escaldados para formar a massa”, diz Maelí.
Em casa, a chaleira também ajuda: “Uso para agilizar os processos dos alimentos, já que na maioria vai água. Arroz, carne, feijão, sopa; é só ferver a água na chaleira e depois colocar na panela que a comida fica pronta mais rapidamente”, relata.
DESLIGA SOZINHA Todas as chaleiras modernas vêm com o recurso do desligamento automático ao atingir a temperatura de fervura da água.
Isso permite que você possa colocar a água para esquentar e “esquecer” o aparelho ali, fazendo seu trabalho.
“Com a chaleira, você coloca a água e aí vai fazer outra coisa e não precisa ficar atento. Se eu colocar no fogão tenho que ficar cuidando”, conta Pedro Araujo, que compartilha a chaleira no uso doméstico.
Ao contrário da água fervida no fogão, a da chaleira não vai evaporar se você esquecer de checar. E, se esfriar, leva poucos minutos para esquentar novamente.
“Ela é tão rapidinha para esquentar que a gente deixa ela cheia, aí alguém faz um chá com um pouco da água, aí depois alguém esquenta de novo e faz um chocolate quente”, conta Pedro.
CUSTO-BENEFÍCIO Os fatores que vão encarecer as chaleiras são o material de que ela é feita e as funcionalidades do aparelho.
Para escolher, você vai precisar pesar o quanto esses aspectos importam para você contra o preço do modelo.
Existem basicamente três tipos de materiais: plástico, inox e vidro. Veja os principais pontos de cada um:
Plástico: é o mais barato, mas também é o mais frágil. Pode acabar ficando com um gosto desagradável conforme o tempo de uso.
Inox: é o material da maioria dos modelos disponíveis. Não pega gosto, mas, por ser um metal bastante condutor de calor, é preciso tomar cuidado ao manusear quando está quente.
Vidro: não é muito comum no mercado brasileiro. As chaleiras de vidro são as mais bonitas dentre os modelos, mas o material também acaba encarecendo as peças.
As chaleiras elétricas simples vão aquecer a água de um jeito só, do zero até o ponto de fervura, que é 100°C.
As digitais costumam vir com regulador de temperatura, normalmente com alguns níveis pré-definidos. São perfeitas para quem precisa de temperaturas intermediárias, como para preparar a fórmula da mamadeira do bebê.
Só vale lembrar que os fabricantes não recomendam esquentar outros líquidos além de água na chaleira, como leite. Isso também vale para substâncias sólidas ou solúveis, como as ervas de chá ou achocolatado.
Por fim, a função “manter aquecido” é um diferencial por manter a água quente por mais tempo após o término do aquecimento.
Esta reportagem foi produzida com total independência editorial por nosso time de jornalistas e colaboradores especializados. Caso o leitor opte por adquirir algum produto a partir de links disponibilizados, a Globo poderá auferir receita por meio de parcerias comerciais. Esclarecemos que a Globo não possui qualquer controle ou responsabilidade acerca da eventual experiência de compra, mesmo que a partir dos links disponibilizados. Questionamentos ou reclamações em relação ao produto adquirido e/ou processo de compra, pagamento e entrega deverão ser direcionados diretamente ao lojista responsável.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.