Após revisão de dados, Presidente Prudente confirma 10ª morte por dengue neste ano


De acordo com o município, a divergência de um óbito registrado em janeiro, porém, com início dos sintomas em dezembro do ano passado. Após revisão de dados, Presidente Prudente (SP) confirma 10ª morte por dengue neste ano
Pexels
Presidente Prudente (SP) atualizou nesta quinta-feira (13) o número de mortes ocasionadas por dengue na cidade, chegando a 10 no primeiro trimestre de 2023.
O novo registro se deu após uma revisão de dados feita pelo município, que explicou sobre uma divergência na contabilização das mortes pela doença neste ano.
De acordo com a Prefeitura, o conflito decorreu de um óbito registrado em janeiro, porém, com início dos sintomas em dezembro do ano passado.
“Nos dados do município, essa morte constava nos dados de 2022, não de 2023. Para sanar esse conflito, atualizamos nossos dados em conformidade com o entendimento do estado, portanto 2022 fica com seis óbitos, um a menos do que vinha sendo divulgado, e 2023 são 10 óbitos”, informou.
O poder público ainda reforçou que não se trata de um óbito atual, mas sim, referente a janeiro.
O dado atualizado coloca a região como responsável por 31% das mortes por dengue no Estado de São Paulo, que registrou 70 óbitos até o momento. As informações são do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado (GVE), que contempla 24 cidades da região.
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.