Motoristas pagaram mais de R$ 16 milhões em multas de trânsito nos últimos 3 anos em Poços de Caldas, MG


Segundo dados da Secretaria Municipal de Defesa Social, de 2020 para 2022, a arrecadação da prefeitura quase dobrou. Já são 25 radares em funcionamento na cidade. A Prefeitura de Poços de Caldas (MG) arrecadou, nos últimos três anos, mais de R$ 16 milhões com multas de trânsito. De acordo com a gestão municipal, o aumento se deve a uma maior fiscalização de radares e agentes de trânsito.
Segundo dados da Secretaria Municipal de Defesa Social, só de 2020 para ano passado, a arrecadação quase dobrou. Além disso, já são 25 radares em funcionamento na cidade.
Veja os dados sobre arrecadação com as multas em Poços de Caldas (MG):
2020: R$ 3,6 milhões
2021: R$ 5,4 milhões
2022: R$7,1 milhões
Total: R$ 16,1 milhões
É importante lembrar que os anos de 2020 e 2021 foram marcados por picos de pandemia, o que fez a circulação de veículos ser menor nas cidades, mas ainda assim, houve um crescimento nas multas e arrecadação neste período.
Motoristas pagaram mais de R$ 16 milhões em multas de trânsito nos últimos 3 anos em Poços de Caldas, MG
Marcos Corrêa
Entre as principais infrações registradas em Poços de Caldas, a prefeitura informou que estão:
Excesso de velocidade;
Avanço do sinal vermelho;
Uso de aparelho celular por quem está dirigindo;
Estacionamento irregular dos veículos;
Falta do uso do cinto de segurança.
Uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) diz que o dinheiro arrecadado com as multas deve ser destinado às despesas públicas de trânsito.
A prefeitura encaminhou uma lista com pelo menos 20 melhorias feitas através da arrecadação destas multas, que vai da pintura de faixas, até a aquisição de equipamentos e veículos para os agentes de trânsito.
Motoristas pagaram mais de R$ 16 milhões em multas de trânsito nos últimos 3 anos em Poços de Caldas, MG
DER-MG
A EPTV, afiliada Rede Globo, conversou com um morador da cidade, o João Gabriel, que já recebeu algumas multas. Ele disse que acredita que os radares são necessários, mas que acha mal distribuídos.
Em horários mais noturnos, inclusive, João já acabou tomando multas por não se sentir seguro e ter que passar muito devagar pelos radares em certos pontos da cidade.
“Está muito perigoso ficar parado em algumas ruas, o pessoal acaba avançando no radar e tomando multa. A gente que sai da faculdade às 23h, saindo pela Avenida João Pinheiro, acaba sendo muito perigoso. Muitas vezes você para em um sinal, o pessoal fica olhando, é perigoso”, contou João Gabriel.
A prefeitura respondeu que sempre há um estudo para a instalação ou colocação de radares, que são nos lugares de maior tráfego, com necessidade de retenção de velocidade e mais atenção dos motoristas.
Além dos outros, mais 3 radares acabam de ser instalados nesta semana. Estes, por enquanto, serão apenas educativos, mas em breve passarão a multar também.
Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

Adicionar aos favoritos o Link permanente.