Cresol beneficia mais de 15 mil crianças e jovens com projetos de educação financeira


Atividades são realizadas em parceria com as secretarias, escolas e profissionais da educação, além dos alunos e seus familiares Pautada principalmente por dois dos sete princípios do cooperativismo: “Educação, formação e informação” e “Interesse pela comunidade”, a Cresol tem entre suas ações projetos de educação financeira voltados para crianças e jovens em idade escolar. Para operacionalizá-los, a instituição conta com a parceria de secretarias e escolas e profissionais da educação, além dos próprios alunos e seus familiares.
Só no ano de 2022, a Cresol impactou diretamente mais de 15 mil crianças e jovens por meio de três projetos: “Mesadinha e sua turma”, “Um olhar para o futuro” e “Juventude Cooperativista”. No total, mais de 500 escolas receberam atividades, promovendo o cooperativismo em vários estados onde a Cooperativa Financeira está presente.
A instituição utiliza o seu conhecimento no segmento aliado aos princípios do cooperativismo para compartilhar a sua expertise. Além disso, os temas abordados nos projetos são transversais e estão ancorados na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).
“Por meio do relacionamento com a comunidade, queremos levar o cooperativismo e a educação financeira para o espaço escolar e contribuir para um modelo de sociedade no qual as pessoas possam compreender ainda mais o papel da cooperação, uso adequado do dinheiro, consumo consciente, importância de poupar e a relevância do planejamento financeiro, tendo como base o comportamento ético e sustentável”, reforça Cledir Magri, presidente da Cresol Confederação.
Erika da Silva Santos, 18, mora em Tarilândia, distrito que pertence ao município de Jaru (RO), e é estudante do curso Técnico em Agropecuária na Escola Família Agrícola Itapirema de Ji-Paraná (RO). Ela está entre os jovens contemplados pelos projetos da Cresol, tendo participado do Juventude Cooperativista em 2021.
A estudante reforça o quanto esse tipo de iniciativa pode contribuir com o futuro dos jovens. “É um projeto que ensina muito os jovens a pensarem em seu futuro, trazendo informações sobre o cooperativismo, educação financeira e uma capacitação profissional. E, no meu caso, além da aquisição de conhecimentos, também fui contemplada com o recurso financeiro através desse projeto e implantei na minha propriedade um biodigestor. Trata-se de uma ferramenta que produz o biogás e biofertilizante, que é muito importante para nossa família e que possibilitou um desenvolvimento local”.
Para Sabrina Klein Bergmann, 16, que mora em Hernandarias, no Paraguai, e é estudante no Colégio Agrícola de Foz do Iguaçu, participar do Juventude Cooperativista em 2022 foi uma das melhores experiências que pôde viver na sua trajetória escolar.
“Acredito que a minha perspectiva sobre algumas coisas mudou bastante. Foi um curso que, além de me auxiliar para poder trabalhar em grupo, mostrou minhas qualidades e minhas forças, me fez acreditar um pouco mais em mim. O autoconhecimento adquirido foi espetacular e nós conseguimos tanto auxiliar os demais quanto termos um melhor planejamento nosso também. Acredito que o Juventude Cooperativista ajudou e ainda ajudará muitos jovens. Espero que outras pessoas tenham essa mesma oportunidade que eu tive”, avalia Sabrina.
Os projetos
Mesadinha e Sua Turma: É um projeto indicado para crianças do 3º ano do Ensino Fundamental e procura abordar os temas de educação financeira de forma lúdica. Para isso, conta com uma turminha formada por quatro animais, que possuem comportamentos humanos e são os responsáveis por apresentar os ensinamentos sobre: Cooperação, Produção e Consumo, Sustentabilidade e Educação Financeira.
Um Olhar Para o Futuro: Neste projeto, o foco são os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, tendo como principal propósito impulsionar o conhecimento sobre cooperativismo e cidadania. A ideia é buscar o fortalecimento do cooperativismo solidário e da agricultura familiar, somando com as ações desenvolvidas nas escolas municipais, além de contemplar conteúdos de maneira político-pedagógica e recreativa, estimulando, assim, as práticas cooperativas.
Juventude Cooperativista: Indicado para jovens do 2º ano do Ensino Médio, este projeto se baseia em três eixos: Cooperação, Educação Financeira e Protagonismo. Ele busca promover o desenvolvimento rural com sustentabilidade, além de fortalecer a sucessão familiar e a integração das políticas de agregação de valor.
Sobre a Cresol
Com 27 anos de história, mais de 800 mil cooperados e 745 agências de relacionamento em 18 estados, a Cresol é uma das principais instituições financeiras cooperativas do País. Com foco no atendimento personalizado, a Cresol fornece soluções financeiras para pessoas físicas, empresas e empreendimentos rurais.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.