Mãe, filhos, noras e sogra suspeitos de tráfico coagiam moradores de Guaíba, diz polícia


Duas pessoas suspeitas de envolvimento no esquema foram presas. Houve a apreensão de 800 pinos de cocaína, 3 kg de maconha, dinheiro, celulares, balança de precisão, um carro e uma motocicleta. Drogas apreendidas durante operação em Guaíba
Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta quinta-feira (13), em Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre, 10 mandados de busca e apreensão contra uma família de traficantes suspeita de coagir moradores do bairro Colina.
Duas pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no crime. Elas foram flagradas transportando drogas e não teriam relação de parentesco com a família. Elas foram levados para uma delegacia de polícia e, depois, seriam encaminhados para casas prisionais.
Além disso, houve a apreensão de 800 pinos de cocaína, 3 kg de maconha, dinheiro, celulares, balança de precisão, um carro e uma motocicleta.
De acordo com a delegada Ana Flávia Leite, responsável pela investigação, há sete suspeitos: eles são mãe, filhos dela, companheiras deles e a sogra de um deles.
“Após dois meses de investigação, foi possível identificar membros da facção criminosa. Durante as diligências investigativas, apurou-se que os principais integrantes da família envolvida no tráfico de drogas seriam indivíduos que ostentam diversos antecedentes policiais pelos crimes de tráfico de entorpecentes, porte ilegal de arma de fogo e homicídio”, conta a delegada Ana.
A delegada Ana conta que os moradores do bairro eram obrigados pela família a ficar em silêncio a respeito do tráfico de drogas. Houve pessoas que, sob a mira de armas de fogo, foram ameaçadas de morte.
Todos os suspeitos devem ser indiciados pelo crime de tráfico de drogas.
Duas pessoas suspeitas de envolvimento no esquema foram presas durante operação em Guaíba
Polícia Civil/Divulgação
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Adicionar aos favoritos o Link permanente.