Fruta-pão pode virar farinha e tem lenda que diz que ela nasceu de testículos de homem morto


Conhecida como jaca-do-pobre, ela tem um elevado valor nutricional. Quando chegou ao Brasil, fruto era voltado para o consumo dos escravizados. Fruta-pão também é conhecida como jaca-de-pobre, rima e árvore-do-pão
Giselda Person/TG
Também conhecida como jaca-do-pobre, a fruta-pão é parente da jaca e tem um elevado valor nutricional. Ela chegou ao Brasil como um alimento para os escravizados. Sua origem, no entanto, é cercada por lendas. No Havaí, existe um mito que diz que o fruto cresceu dos testículos de um homem morto.
Nessa história, as pessoas cozinham e comem a fruta, a achando saborosa até que descobrem de onde ela surgiu e começam a vomitar, espalhando a fruta-pão por todo o Havaí, segundo o estudo “Coco, fruta-pão e taro na literatura oral do Pacífico”, publicado no “The Journal of the Polynesian Society”, da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia.
🍞 Por que pão? a fruta-pão recebe esse nome porque, quando está madura o suficiente para ser comida, ela se parece com um pão que acaba de sair da fornalha, ficando amarela.
Além disso, quando cortada, seca e moída, ela se transforma em farinha, que pode ser usada no preparo de pães caseiros.
Cozida e assada, a polpa do fruto pode dar sabor a um doce semelhante à batata-doce e à macaxeira. E já as sementes podem servir como base no preparo de guisados e ensopados.
Fruta-pão é considerada um superalimento originário da Ásia
📏 É grande: Mais comum no Norte e Nordeste brasileiro, a fruta-pão atinge de um a três quilos e pode apresentar até 20 centímetros de comprimento.
☀️ Clima: Mais adaptada aos climas quentes e úmidos, a fruta cultivada em regiões com essas características tem um desenvolvimento eficiente e uma boa produtividade.
👩‍⚕️Saudável: A sua polpa é rica em fibras e vitamina C, contudo tem bastantes açúcares. Seus nutrientes e versatilidade ficam evidentes nas lendas que rodeiam a fruta-pão, a retratando como solução para tempos de fome.
📚 Lendas: diversas histórias tentam explicar a origem da fruta. No Taiti, é dito que a árvore surgiu das partes de um homem: a fruta era a sua cabeça; o tronco, o seu corpo; os galhos, os seus membros; as folhas, as suas mãos.
Mas existem outros mitos:
Na região em que é originária, na fronteira da Indonésia com a Malásia, existe o mito que diz que alguns povos não sobreviveriam na ausência da árvore.
Um mito que afirma que, quando houve fome nas ilhas do Havaí, o deus Kū – deus da guerra para os antigos havaianos – salvou a vida de sua esposa humana ficando de cabeça para baixo e se tornando uma árvore de fruta-pão.
Outra, que também se passa no Havaí, afirma que após um homem chamado ‘Ulu morrer de fome, seguindo as instruções de um sacerdote, seu corpo é enterrado perto de uma fonte. No local, aparece uma árvore de fruta-pão, salvando a família do mesmo destino.
Já no Taiti, há ainda a história de um pai que se despede de sua família faminta e se torna uma árvore de fruta-pão para os salvar da fome.
Leia também:
Bolsonaro liberou 2.182 agrotóxicos em 4 anos, recorde para um governo desde 2003
Banana estraga rápido e rende memes na internet; aprenda uma dica simples para conservar a fruta
Tomates cereja e grape: entenda as diferenças e saiba como identificar cada um
Assista:
Cacau era considerado alimento dos deuses por diversos povos
Conheça o limão exótico que custa quase R$ 800 o quilo
Como saber se o ovo está bom? g1 testa truques que bombam nas redes sociais
‘Exclui o acesso a terras’, autor de Torto Arado explica o racismo fundiário
Como escolher milho verde

Adicionar aos favoritos o Link permanente.