Governo Federal reconhece situação de emergência em três cidades cearenses devido a chuvas intensas


Itapajé, Lavras da Mangabeira e Senador Pompeu já foram atingidas por fortes precipitações em 2023. Ruas ficam alagadas após fortes chuvas em Lavras da Mangabeira, no Ceará.
Reprodução
O Governo Federal reconheceu situação de emergência em três cidades cearenses em razão das chuvas intensas que atingem as localidades nas últimas semanas. Itapajé, Lavras da Mangabeira e Senador Pompeu estão em lista publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (12), assinada pelo secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff Barreiros.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Todos os três municípios foram atingidos por fortes precipitações em 2023. No fim de março, o município de Lavras da Mangabeira, no Cariri, suspendeu as aulas e decretou situação de emergência, após as fortes chuvas na cidade. Ruas e casas no município foram tomadas por inundações (veja no vídeo abaixo)
Lavras da Mangabeira decretou estado emergencial devido às chuvas no Ceará.
Em Senador Pompeu, o corpo de um motorista da prefeitura de Piquet Carneiro, a 332 km de Fortaleza, foi encontrado no leito do Rio Banabuiú. As chuvas também causaram interdição de uma rodovia que interliga os dois municípios. Os moradores tiveram, inclusive, de improvisar uma passagem por uma via férrea desativada entre as cidades.
Temporal interditou rodovia entre Senador Pompeu e Piquet Carneiro, no Ceará;
Já em Itapajé, o açude que leva o nome do município, a 125 km de Fortaleza, atingiu capacidade máxima. O reservatório tem volume total de 4,2 milhões de m³ e abastece a sede do município de Itapajé. Foi o sexto reservatório a sangrar neste ano.
O reservatório tem volume total de 4,2 milhões de m³ e abastece a sede do município de Itapajé.
Reprodução/TV Verdes Mares
Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto

Adicionar aos favoritos o Link permanente.