Empresa é condenada a pagar mais de R$ 40 mil para cliente após moto aquática apresentar diversos defeitos em Uberlândia


Caso teve início em 2014, quando cliente comprou o veículo por R$ 37 mil e pouco tempo depois apresentou os defeitos. Foto de arquivo de moto aquática – imagem ilustrativa
Reprodução/TV Anhanguera
Um cliente que teve problemas com uma moto aquática de quase R$ 40 mil três dias após a compra, em Uberlândia, ganhou na Justiça o direito de receber todo o valor de volta. A decisão foi tomada em 1ª instância, a empresa recorreu, mas foi mantida em 2ª.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Como foi o caso:
Tudo teve início em 2014, quando o cliente comprou o veículo por R$ 37 mil e logo depois ele apresentou os defeitos.
Entre os problemas estavam falhas de potência, superaquecimento e limitação no giro do motor;
Ele foi orientado pela empresa a levar o veículo em uma oficina credenciada. No entanto, os defeitos não foram reparados e o veículo voltou para a manutenção, onde permaneceu por duas semanas;
Como os problemas persistiram, o comprador pediu a devolução do valor pago, mas não foi atendido pela empresa.
Após diversas constatações de problemas, o comprador processou a empresa, pedindo a devolução do valor pago e correção monetária, além de indenização por danos morais.
A empresa, porém, alegou que o cliente reclamou dos defeitos após 90 dias, quando a garantia já havia expirado. Também afirmou que nunca se esquivou das obrigações e não praticou nenhum ato ilícito.
Decisão
A sentença condenou a empresa a pagar indenização por danos materiais de R$ 37 mil, corrigidos monetariamente, além de danos morais de R$ 5 mil.
A condenação obrigava o comprador a devolver a moto aquática defeituoso à empresa vendedora. Em segunda instância, a decisão foi mantida.
LEIA TAMBÉM:
UBERLÂNDIA: Entusiasta do ‘Point Bolsonaro’ investigado em operação que apura atos golpistas se apresenta à PF
APÓS 2 DIAS: Cabeças de gado furtadas em Frutal são recuperadas em Uberlândia
‘PROPAGANDA ENGANOSA’: Ex-alunos de grupo universitário acumulam dívidas de mais de R$ 100 mil no Fies
📲 Confira as últimas notícias do g1 Triângulo e Alto Paranaíba
📲 Acompanhe o g1 no Instagram e no Facebook
📲 Receba notícias do g1 no WhatsApp e no Telegram
VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Adicionar aos favoritos o Link permanente.