Homem preso após fazer coveiro refém ‘plantou’ bombas caseiras no cemitério de Pilar do Sul


Coveiro foi resgatado pela polícia, porém, agressor segue no local. Equipe do Gate confirma que há bombas caseiras com o homem, em Pilar do Sul (SP). Homem que invadiu cemitério e fez coveiro refém é preso em Pilar do Sul (SP)
TV TEM/Eraldo Camargo
Policiais militares e agentes do Grupo Ações de Táticas Especiais (Gate) foram mobilizados após um homem invadir o cemitério de Pilar do Sul (SP), espalhar artefatos explosivos e manter o coveiro refém por quase três horas, na manhã desta quarta-feira (12). Durante a ação, uma explosão foi registrada.
A PM acionou uma equipe do Gate, após identificar possíveis bombas caseiras no local.
De acordo com o comandante do Gate, Renato Pavão, foram localizados e apreendidos seis artefatos explosivos no cemitério. As bombas ainda serão analisadas.
Durante a ação, ainda segundo a PM, o suspeito explodiu uma das bombas. “Chegando no local, a informação que o pessoal do policiamento passou foi que ele acionou [o artefato explosivo] (…) Ele fez o acionamento remoto, inclusive, com tempo (…) graças a Deus, os policiais estavam totalmente abrigados e ninguém se feriu, nem ele [o captor] e o refém”.
O funcionário do cemitério foi resgatado após horas de negociações com as equipes. O captor se rendeu, foi detido e levado à delegacia da cidade. Segundo a polícia, ele estava armado com uma réplica de arma de fogo.
Homem invade cemitério, rende funcionário e provoca suspensão de enterros em Pilar do Sul
Enterros suspensos
A invasão suspendeu o enterro de uma professora de 32 anos, identificada como Laís Fernanda Rodrigues Vieira.
De acordo com a funerária responsável, o sepultamento, previsto para às 9h, ocorreu apenas às 15h.
Homem invade cemitério e faz coveiro refém em Pilar do Sul
Arquivo Pessoal
Veja mais notícias no g1 Itapetininga e Região
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Adicionar aos favoritos o Link permanente.