• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Produções da Globo recebem 16 prêmios no New York Festivals


Jornal Nacional levou duas pratas: em design gráfico, pelo conceito de imersão na notícia através da fusão entre o real e o virtual; e melhor uso da tecnologia pela série ‘Brasil em Constituição’. Produções da Globo recebem 16 prêmios no New York Festivals
Jornal Nacional/ Reprodução
Um dos mais importantes festivais do mercado audiovisual do mundo acabou de premiar conteúdos excepcionais e inovadores de televisões de todo o planeta. E o New York Festivals reconheceu as produções da Globo com 16 prêmios – quatro deles de ouro.
Concorreram produções de 43 países. Entre os documentários, “Juquery – lugar fora do mundo”, da GloboNews, recebeu medalha de ouro na categoria direitos humanos. O programa revela o tratamento desumano dado aos pacientes no que foi o maior hospital psiquiátrico do país.
“Abrigo – inocentes sob ataque”, também da GloboNews, mostrou o sofrimento dos civis sob bombardeios russos na Ucrânia e levou prata na categoria atualidades.
O Globo Repórter com “Paraísos ameaçados” foi bronze na categoria notícia ou especial.
O Jornal Nacional levou duas pratas: em design gráfico, pelo conceito de imersão na notícia através da fusão entre o real e o virtual; e melhor uso da tecnologia, pela série “Brasil em Constituição”, que transportou o espectador para dentro da história da nossa Constituição.
LEIA TAMBÉM
‘Brasil em Constituição’; veja bastidores
QUIZ: teste seus conhecimentos sobre a Constituinte e as transformações trazidas pela Constituição de 1988
A novela “Mar do Sertão” levou ouro pelos efeitos especiais que criaram paisagens e fizeram o sertão virar mar.
Vários programas da Globo foram premiados pelas chamadas e pelas vinhetas:
ouro para a chamada de “Bataclan”, reportagem especial exibida pelo Fantástico;
prata para a chamada do Rock in Rio em que instrumentos e equipamentos de som se transformam no cantor Freddie Mercury;
bronze para a chamada do Supercine Especial no Dia das Bruxas;
e bronze também para a chamada de “Arcanjo Renegado”, série do Globoplay.
Alguns trabalhos foram premiados em mais de uma categoria:
a chamada da programação de filmes na Globo levou duas medalhas de bronze;
as chamadas das Olimpíadas de Inverno de 2022 receberam duas de prata;
e “Copa do Mundo, uma história imortal” levou uma medalha de ouro e outra de bronze.

Bookmark the permalink.