Entregador que apanhou com guia de coleira chega para depor em delegacia


Max Angelo dos Santos chega para depor na 15ª DP (Gávea)
Reprodução/TV Globo
O entregador Max Angelo dos Santos — o homem que apanhou com uma guia de cachorro — chegou para depor na 15ª DP (Gávea) por volta das 13h30 desta quarta-feira (12). Ele foi agredido pela nutricionista e professora de vôlei, Sandra Mathias Correia de Sá.
“Nem animal é tratado daquele jeito. Será que porque ela mora em São Conrado e paga imposto caro, ela acha que pode fazer isso? Eu também pago os meus impostos. Aquilo que ela fez não faz nem com cachorro. Ela não está lidando com animal e sim ser humano. Eu sou ser humano e sangro como ela. Ela não veio e fico triste. Porque é a chance dela de se defender. Isso só cabe a ela se defender”, disse.
Max mora na Rocinha e contou que chega a pedalar 18 horas por dia durante as entregas.
O advgoado Joab Gama de Souza, advogado de Max, disse que a defesa pedirá o acesso ao inquérito.
“Vamos analisar quais os próximos passos a serem tomados. O que não pode acontecer é ela ficar impune. Assisti ao vídeo com perplexidade e evidenciei lesões corporais direcionadas ao rapaz, um entregador com renda baixíssima”, falou.
“[Sandra] Uma pessoa sem lealdade e desconexa com a realidade. Ela precisa ser punida com o rigor da lei. Nesse momento, ele não quer auferir vantagens, mas caberá indenização na Justiça. Com a publicidade do caso, cabe indenização por danos morais e psicológicos. Ele se sente muito triste e humilhado.”

Adicionar aos favoritos o Link permanente.