• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Refugiados e migrantes recebem atendimento social e de saúde nesta quarta em Campos


Iniciativa realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social também capacita quem trabalha com esse público. Moram na cidade, pelo menos 78 pessoas de diversos países, já inscritas no CadÚnico. Ideia é atualizar esse dado por meio do serviço. Além de atender refugiados e migrantes, evento também capacita quem trabalha com esse público
Jualmir Delfino/Prefeitura de Campos
Refugiados e migrantes que residem em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, estão recebendo, nesta quarta-feira (12), atendimento social e de saúde. Além de receberem assistência psicossocial, serão encaminhados para programas sociais, cursos e poderão retirar a documentação.
Atualmente, moram na cidade 78 pessoas inscritas no CadÚnico que chegaram de diversos países, como colombianos, venezuelanos e argentinos. Por meio da iniciativa, a Prefeitura espera atualizar esses números identificando pessoas que ainda não possuem cadastro no CadÚnico.
O evento também inclui a capacitação de quem atua com este público, como servidores da Educação, Saúde e do Desenvolvimento Humano e Social.
A ação é promovida pela Gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Subsecretaria de Igualdade Racial e Direitos Humanos, órgãos vinculados à Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Ministério da Saúde e Cáritas, que é uma confederação de 165 organizações humanitárias da Igreja Católica que atua na defesa de direitos humanos.
O encontro começou às 10h e ocorre na sede da Subsecretaria de Igualdade Racial e Direitos Humanos, antiga Fundação Zumbi dos Palmares.
A ação é promovida pela Gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Subsecretaria de Igualdade Racial e Direitos Humanos e Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social. A abertura do evento será realizada pelo município às 10h.
Programação do evento:
10:00 às 10:30 – Abertura feita pelo Município
10:30 às 11:00 – Palestra sobre os conceitos de migrantes e refugiados
11:00 às 12:30 – Cáritas participa falando sobre atendimento que será realiza e documentação
12:30 às 13:30 – Pausa para almoço
13:30 às 14:30 – Secretaria Estadual de Saúde sobre saúde dos migrantes
14:30 às 15:00 – Palestra sobre educação
15:00 às 16:00 – Palestras sobre o enfrentamento ao tráfico de pessoas e trabalho escravo

Bookmark the permalink.