Quase 8 mil famílias já saíram de casa no MA por causa das chuvas fortes


Um total de 7.757 famílias já tiveram de sair de casa, no Maranhão, por causa das chuvas fortes, segundo informações da Defesa Civil do Estado. Quase 8 mil famílias já saíram de casa no MA por causa das chuvas fortes
Um total de 7.757 famílias já tiveram de sair de casa, no Maranhão, por causa das chuvas fortes, segundo informações da Defesa Civil do Estado. Na cidade de Alto Alegre do Pindaré, que está há 26 dias alagada, a situação de famílias desabrigadas também é preocupante.
No local, mais de cinco mil famílias foram atingidas pela enchente. Dessas, 532 famílias estão desalojadas e desabrigadas. O nível do rio Zutiuá baixou nas últimas 48 horas. Com isso, o principal acesso à cidade de Alto Alegre do Pindaré foi liberado depois de cinco dias.
A água fez os buracos se multiplicarem ao longo da rodovia. Bairros inteiros em Alto Alegre do Pindaré continuam tomados pela água.
De acordo com o Município, 50 famílias ainda estão em áreas alagadas dentro da cidade. Elas resistem em deixar as casas mesmo depois de serem orientadas sobre os riscos aos quais estão expostas.
Bairros inteiros em Alto Alegre do Pindaré continuam tomados pela água
Reprodução/TV Mirante
O comandante do Corpo de Bombeiros, Márcio Nascimento, diz que o perigo dessas famílias permanecerem em áreas alagadas são os riscos a desabamentos, afogamentos e até o contato com animais peçonhentos “Ela pode ser exposta a diversos perigos desde o desabamento, afogamento até o encontro com animais peçonhentos”.
No Estado são 65 municípios em situação de emergência. Quase 36 mil famílias atingidas pelas cheias dos rios. O governo federal liberal mais de R$ 8, 5 milhões para atender exclusivamente as vítimas das enchentes e alagamentos.
65 municípios estão em situação de emergência no MA por causa das chuvas
Chuvas deixam casas submersas no Maranhão
Governo do Maranhão
Por causa das fortes chuvas que atingem o Maranhão, 65 municípios do estado já decretaram situação de emergência. Até o momento, seis mortes foram confirmadas e das 38.476 famílias afetadas, 8.099 estão desabrigadas e desalojadas.
A Defesa Civil informou que segue monitorando os episódios em que prejuízos e danos foram causados à população por conta do período chuvoso.
Segundo a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedes), os restaurantes populares dos municípios atingidos vão ampliar a oferta de refeições no modelo híbrido (distribuição de quentinhas). Até o momento, 200 mil refeições foram entregues.
Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), prefeituras, Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e Sedes estão realizando operação para auxiliar as vítimas no interior do Maranhão. Já foram enviadas 34.400 cestas básicas; 34 mil litros de água e 3.450 colchões foram entregues.
Veja a lista dos municípios maranhenses que já decretaram situação de emergência:
1. Açailândia
2. Afonso Cunha
3. Alto Alegre Do Pindaré
4. Arame
5. Arari
6. Bacabal
7. Barra do Corda
8. Barreirinhas
9. Boa Vista do Gurupi
10. Buriti
11. Buriticupu
12. Cajari
13. Cantanhede
14. Codó
15. Conceição do Lago-Açu
16. Coroatá
17. Esperantinópolis
18. Fortuna
19. Governador Nunes Freire
20. Graça Aranha
21. Grajaú
22. Icatu
23. Igarapé Grande
24. Itaipava do Grajaú
25. Itapecuru
26. Itinga do Maranhão
27. Jenipapo dos Vieiras
28. Joselândia
29. Lago da Pedra
30. Lagoa Grande do Maranhão
31. Marajá do Sena
32. Mirinzal
33. Monção
34. Nina Rodrigues
35. Olinda Nova do Maranhão
36. Paço do Lumiar
37. Pedreiras
38. Pindaré-Mirim
39. Pinheiro
40. Poção de Pedras
41. Presidente Juscelino
42. Presidente Vargas
43. Raposa
44. Rosário
45. Santa Helena
46. Santa Inês
47. Santa Luzia
48. Santo Antônio dos Lopes
49. São Benedito do Rio Preto
50. São João Batista
51. São João do Carú
52. São José de Ribamar
53. São Luís
54. São Luís Gonzaga
55. São Roberto
56. São Vicente Ferrer
57. Satubinha
58. Serrano
59. Trizidela do Vale
60. Tufilândia
61. Tuntum
62. Tutóia
63. Viana
64. Vitória do Mearim
65. Zé Doca

Adicionar aos favoritos o Link permanente.