• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Preparatório: inscrições para o Cursinho UFMS terminam nesta quarta-feira


As inscrições devem ser realizadas no portal do Cursinho UFMS, com o preenchimento do formulário. Não há processo seletivo. Aqueles que se inscreverem e fizerem o pagamento da taxa, já estarão matriculados. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) campus Campo Grande
Divulgação/ UFMS
Os interessados em participar do Cursinho UFMS têm até o dia está quarta-feira, (12) para fazer a inscrição. Ao todo, são 440 vagas em todos os câmpus e as aulas se iniciam no dia 17 de abril.
O projeto de extensão oferece aulas e apoio didático a jovens que finalizaram ou que estejam cursando o Ensino Médio em escolas públicas e particulares do Mato Grosso do Sul.
As aulas ocorrerão no formato híbrido, em todas as áreas do conhecimento: ciências da natureza, ciências humanas, matemática, linguagens e redação. E são ministradas por professores com experiência na área.
“Temos professores altamente capacitados, com experiência com cursinhos. Neste ano, as expectativas são boas, tivemos ótimas aprovações e, com certeza, a qualidade das aulas e o acompanhamento dos alunos será o nosso diferencial”, enfatiza o coordenador do projeto, Edivaldo Araújo.
O coordenador ressalta que não há processo seletivo. Aqueles que se inscreverem e fizerem o pagamento da taxa, já estarão matriculados.
Para 2023, a novidade é o aumento das aulas presenciais na Cidade Universitária e nos câmpus, sempre às terças e quintas-feiras. “A monitoria, que ocorre no período vespertino, acontece com os nossos estudantes bolsistas e há uma atenção para a resolução dos exercícios. As aulas são transmitidas ao vivo e ficam gravadas. O aluno pode assistir as aulas em casa no decorrer do curso, quantas vezes for necessário”, detalha.
As inscrições devem ser realizadas no portal do Cursinho UFMS, com o preenchimento do formulário. Os interessados devem efetuar o pagamento da taxa de matrícula, no valor de R$ 400.
A taxa contribui para o custeio das aulas e pagamento dos bolsistas, mas não há cobrança de mensalidades. Haverá isenção para os alunos em situação de vulnerabilidade econômica, inscritos no Cadastro Único do Governo Federal. Clique aqui e se inscreva.
Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:

Bookmark the permalink.