• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Homem morre após troca de tiros com PM, em Vespasiano, na Grande BH


De acordo com a Polícia Militar, um patrulhamento era realizado na região quando o suspeito tentou fugir e em seguida disparou contra a corporação. Viatura da Polícia Militar de Minas Gerais, dez 2023
Raquel Freitas/TV Globo
Um homem foi morto após uma troca de tiros com a Polícia Militar de Minas Gerais(PMMG), na noite deste sábado(20), no bairro Nova Pampulha, em Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a PM, a ação aconteceu quando o suspeito tentava fugir de um patrulhamento contra o tráfico de drogas na região.
Mortes causadas pela PM caem em MG em 2023; mais de 700 foram registradas em 6 anos
Segundo os militares, o homem estava acompanhado de outro suspeito quando foram abordados. Eles fugiram e houve uma perseguição. A PM afirma que durante a ação, o suspeito segurava algo na cintura, e posteriormente, atirou contra os militares, que revidaram.
O homem, de 19 anos, foi baleado e socorrido para o Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Belo Horizonte, mas morreu no caminho. De acordo com a Polícia, o outro suspeito, de 20 anos, foi preso dentro de um bar de Vespasiano.
Ainda segundo a PM, com os homens estavam com drogas, uma pistola, munição, dinheiro e dois celulares. O material foi apreendido.
Em nota, a Polícia Militar declarou que a intervenção realizada em Vespasiano visava coibir crimes violentos e o tráfico de drogas na região, mas que houve resistência com utilização de arma de fogo contra os policiais militares, e que em resposta à injusta agressão e para proteger a integridade dos militares, foi necessário repelir o ataque, de maneira legal e proporcional.
Afirmou ainda que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(Samu), foi acionado para o socorro ao homem ferido. Segundo a PM, todas as medidas de Polícia Militar Judiciária foram adotadas e a instituição acompanha o fato.
O g1 entrou em contato com a Polícia Civil de Minas Gerais(PCMG) para mais informações sobre o fato e aguarda retorno.
Vídeos mais assistidos do g1 Minas:

Adicionar aos favoritos o Link permanente.