• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Casal é preso em Goiás com mais de 160 cápsulas de cocaína que iria engolir para tentar levar à Europa, diz polícia


Drogas foram encontradas por cães farejadores estavam escondidas em compartimentos ocultos do ônibus. O casal não deu detahes do crime e não falavam português. Droga é encontrada em compartimento escondido de ônibus na região sudoeste de Goiás
Divulgação/Polícia
Um casal de bolivianos foi preso, neste sábado (20), com 196 cápsulas de cocaína que seriam engolidas para tráfico internacional. A apreensão ocorreu durante uma fiscalização de ônibus interestaduais no Sudoeste goiano. A cidade não foi divulgada por questões estratégicas do Comando de Operações de Divisas (COD).
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
A droga foi encontrada por cães do Batalhão de Policiamento com Cães que apoiou o COD. As cápsulas estavam escondidas em compartimentos ocultos do ônibus que vinha de Mato Grosso e seriam levadas até o estado de São Paulo, onde seriam engolidas pelo casal e eles seguiriam viagem até países da Europa, entre os destinos estavam Espanha e Portugal.
LEIA TAMBÉM:
Operação bloqueia R$ 20 milhões e prende 15 suspeitos de tráfico de drogas em Goiás e mais três estados
Suspeito de tráfico de drogas oferece R$ 10 mil para não ser preso, diz PM; ouça
Advogada está entre presos em operação contra o tráfico de drogas em Goiás e mais três estados
A suspeita do COD é que o casal, um homem de 26 anos e uma mulher de 24, trabalhavam para uma organização envolvida no tráfico internacional de drogas. Os suspeitos, no entanto, não deram detalhes do crime e não falavam português.
Eles foram presos em flagrante por tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico e levados para Polícia Federal de Jataí. O restante dos passageiros e motorista, que não estavam envolvidos no crime, seguiram viagem.
📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás.
📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás

Adicionar aos favoritos o Link permanente.