• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Design biofílico e hortas indoor: veja como cultivar e harmonizar hortaliças dentro de casa


🪴Segundo nutricionista, é possível cultivar alimentos em casas ou apartamentos com pequenas hortas, e isso pode ser mais barato e mais saudável que consumir apenas de mercados e hortifrutis. Designer de interiores também acrescenta que é possível harmonizar as plantas com a decoração. Veja como cultivar plantas em espaços pequenos
Freepik/Reprodução
Cultivar os próprios temperos e folhas para saladas pode ser uma ótima opção para quem busca uma alimentação mais saudável. Além da saúde, as hortas internas – também chamadas de indoor – proporcionam novos possibilidades estéticas para as residências.
O g1 conversou com especialistas de diferentes áreas e reuniu dicas de como cultivar hortaliças em espaços pequenos, quais são as espécies ideais e como harmonizar este hobby com a decoração do ambiente.
📲 Participe do canal do g1 Itapetininga e Região no WhatsApp
Hortaliças para compor temperos são fáceis e saudáveis para o consumo
Pixabay/Reprodução
🍅 O que plantar?
De acordo com a nutricionista Bruna Sayuri, de Capão Bonito (SP), hortaliças como alface, espinafre, rúcula, agrião, azedinha, cebolinha, salsa e couve são excelentes opções para pequenas hortas.
Para quem gosta de cozinhar com temperos frescos, a especialista também recomenda o cultivo de alecrim, manjericão, ora-pro-nóbis, sálvia, coentro, hortelã, erva doce, serralha e orégano.
Especialistas dão dicas de como cultivar uma horta em casa
Reprodução/TV Globo
🏠🌱 Design biofílico
De acordo com a designer de interiores Thalía Soares, de Itapetininga (SP), plantas e “mini” hortas, podem ser posicionadas em áreas externas como varandas ou locais próximos às janelas, entretanto, as plantas que preferem sombra e a umidade, podem ser colocadas em varandas cobertas.
A dinâmica de encaixar uma estética natural com o ambiente de trabalho ou de moradia, se chama design biofílico.
Para não comprometer o espaço, a profissional recomenda utilizar plantas pendentes nas prateleiras ou em suportes na parede, assim como utilizar móveis.
“Para ambientes com plantas vivas é necessário aplicar o design biofílico, uma prática que busca criar espaços mais conectados com a natureza, tornando-os mais acolhedores, agradáveis e saudáveis para os ocupantes. Em apartamentos ou casas pequenas, otimizar o espaço é crucial”, finaliza a profissional.
Segundo especialista, cultivar alimentos em casa pode ser mais barato e mais saudável que consumir apenas de mercados e hortifrutis
Freepik/Reprodução
Benefícios do cultivo em casa
Ainda conforme a nutricionista Bruna, a maior vantagem de cultivar alimentos em casa é o custo-benefício, uma vez que diversos alimentos em mercados ou hortifrutis tiveram aumentos significativos nos preços e, às vezes, nem estão com a qualidade preservada.
“Em casa é possível fazer hortas simples e pequenas, em vasos ou direto no chão, conforme o espaço da casa ou apartamento, com adubo orgânico, garantindo melhor qualidade do produto final, sem agrotóxicos e maior praticidade para preparar receitas no dia-a-dia e é muito mais saboroso também”, reforça a nutricionista.
“Os benefícios de cultivar plantas em casa incluem a melhoria da qualidade do ar, redução de níveis de estresse, aumento da sensação de bem-estar e até mesmo a promoção de foco e produtividade. Plantas podem servir como um elemento de design, adicionando textura, cor e vida aos espaços” comenta a designer.
Horta em casa
Wagner Magalhães/Arte G1
*Colaborou sob a supervisão de Matheus Arruda
Veja mais notícias no g1 Itapetininga e Região
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Adicionar aos favoritos o Link permanente.