• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Que saudade do meu Alagamar!

Que saudade do meu Alagamar! Do banho escondido do riachinho, do pocinho, do passeio de bateira. O acadêmico do samba e os seus ensaios e o saudoso Jurandir comandava a bateria. Na praia do mar grosso tinha o Goibão que futuramente se tornou o baleia branca. A juventude da região da época curtia a toca da bruxa. Uma casa de madeira tinha um pista de dança e teve a visita do artista Ney Mato Grosso. Que na época foi gravar clipe no farol de Santa Marta. Nei pediu uma caipirinha tomou e foi para o hotel. A toca da bruxa era do meu amigo o saudoso Walmor Crippa. Era o point da juventude nos meados dos anos 70. É minha amada terrinha temos algumas história para contar. Ricardo Cardoso 27.02.2024.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.