• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Câmera de segurança registra momento em que mulher é perseguida e baleada pelo ex

Crime foi em São João do Paraíso, na manhã desta quinta-feira (21); mulher foi socorrida com perfurações no rosto e no braço. Suspeito foi preso em uma área de eucalipto. Câmeras de segurança registram momento em que mulher é perseguida e baleada pelo ex
Imagens de câmera de segurança flagrou o momento em que uma mulher foi perseguida e baleada pelo ex-companheiro em São João do Paraíso, na manhã desta quinta-feira (22). (Veja acima) O vídeo mostra que a vítima correu em direção a um posto de combustíveis, onde foi atingida pelos disparos.
Segundo as primeiras informações repassadas ao g1 pelo subtenente Lauro José da Silva, que acompanha a ocorrência, a mulher, de 37 anos, foi atingida na região do rosto e braço. Ela foi socorrida e levada para o hospital da cidade, e depois, foi transferida pelo Samu para o Hospital Santo Antônio, em Taiobeiras.
A polícia ainda apura mais detalhes sobre a dinâmica do crime, mas a suspeita é de que a vítima havia acabado de sair de uma padaria e seguia pra casa, quando foi perseguida pelo homem.
Segundo o subtenente, o suspeito estava em um carro e abandonou o veículo após o crime. Momentos depois, ele foi encontrado pelos policiais em uma área de eucalipto na garupa de uma motocicleta e houve perseguição.
O homem, de 59 anos, acabou preso em flagrante e a arma usada no crime, um revólver calibre 38, foi apreendida. O piloto da motocicleta foi conduzido e a PM apura se ele auxiliou na fuga ou se foi coagido sob ameaça.
O subtenente explicou que o casal teve um relacionamento de 15 anos, que resultou em dois filhos, e estava separado desde novembro de 2023.
“Eles moravam em uma fazenda na zona rural de Ninheira, e no final de novembro, tiveram uma briga e a mulher foi vítima de lesão corporal. Desde então, ela estava morando com a família em São João do Paraíso e o homem tentava reatar o relacionamento”.
A mulher tinha medida protetiva contra o suspeito e era acompanhada pela Polícia Militar, que fazia visitas periódicas.
O suspeito será levado para a delegacia de Polícia Civil de Taiobeiras.
✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Grande Minas no WhatsApp
Vídeos do Norte, Centro e Noroeste de MG

Veja mais notícias da região em g1 Grande Minas.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.