• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Polícia Civil indicia marido que matou, esquartejou e escondeu corpo de esposa em MG


Crime aconteceu em Campo Belo. Adriana Silva de 58 anos estava desaparecida desde o dia 21 de janeiro. O corpo dela foi encontrado em um terreno abandonado. A Polícia Civil indiciou o homem acusado de matar e esquartejar a esposa de 58 anos em Campo Belo (MG). O crime aconteceu em 21 de janeiro. Adriana Silva estava desaparecida e seu corpo foi encontrado enterrado em um terreno abandonado cinco dias depois.
📲 Participe do canal do g1 Sul de Minas no WhatsApp
De acordo com a Polícia Civil, o idoso de 70 anos foi indiciado pelos crimes de feminicídio, ocultação de cadáver e fraude processual. O procedimento foi encaminhado para a Justiça para as providências cabíveis.
Marido que confessou assassinato de mulher esquartejada foi descoberto ao registrar desaparecimento, diz polícia
Reprodução EPTV
Segundo a Polícia Civil, a investigação apurou que se tratou de um crime passional, em que o suspeito vinha se desentendendo com a vítima antes do crime.
O homem foi preso em flagrante no dia 25 de janeiro, quando foi encaminhado ao sistema prisional. Ele continua preso.
O crime
Corpo de Bombeiros ajudou a polícia a encontrar restos mortais em Campo Belo
Reprodução EPTV
O corpo foi encontrado na madrugada desta sexta-feira (26) esquartejado e enterrado em um terreno abandonado na Rua Ozani Braz de Faria, no Bairro Vale do Sol, em Campo Belo (MG). Segundo a Polícia Civil, o marido da vítima confessou o crime.
De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi identificada como Adriana Silva, de 58 anos, e estava desaparecida desde 21 de janeiro. A irmã da vítima informou aos policiais que Adriana não tinha costume de ficar sem se comunicar com a família.
Ainda de acordo com a polícia, o marido da vítima, de 70 anos, procurou a Polícia Militar para registrar o desaparecimento de Adriana. O suspeito contou que a esposa teria saído de casa levando os aparelhos celulares do casal. A família também fez postagens com a foto da mulher em grupos de aplicativos de celular.
Mulher desaparecida é encontrada esquartejada e enterrada em terreno abandonado em MG
Kelly Cristina / Diário de Campo Belo
A Polícia Civil apurou que a casa do suspeito estava abandonada e com manchas de sangue espalhadas pela casa. A perícia esteve no local e confirmou a situação.
Os policiais receberam uma denúncia anônima dizendo que uma área do terreno estava revirado. Na noite desta quinta-feira (25), os investigadores convidaram o suspeito a comparecer na delegacia. Ele então confessou o crime e informou sobre o local onde teria enterrado o corpo da esposa.
De acordo com a polícia, o suspeito informou que acertou diversas marteladas na vítima após uma discussão entre o casal. Ao inspecionar o local e com a ajuda de um cão comunitário cuidado por Adriana, os policiais conseguiram localizar o corpo em um buraco de difícil acesso, com mais de um metro de profundidade.
Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

Adicionar aos favoritos o Link permanente.