Cerco a criminosos suspeitos de atacar cidade em Mato Grosso entra no terceiro dia na zona rural do Tocantins


Novo confronto foi registrado durante a madrugada, quando suspeitos tentaram entrar no território do Pará em embarcações. Desde o início das buscas um suspeito foi morto e outro foi preso; armas e equipamentos foram apreendidos. Policiais fazendo buscas por criminosos na zona rural
PM-TO/Divulgação
O cerco a criminosos fortemente armados entrou no terceiro dia nesta quarta-feira (12) na zona rural de Pium, oeste do estado. A suspeita da polícia é de que o grupo seja o mesmo que aterrorizou a cidade de Confresa (MT) durante um assalto no fim de semana.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
As buscas começaram na segunda-feira (10), quando os criminosos adentraram ao território tocantinese pelos rios e deram de cara com policiais em treinamento rural. Desde então vários confrontos foram registrados, um suspeito foi preso e outro morreu baleado.
Veja o que se sabe sobre o cerco aos criminosos.
A Polícia Militar informou que as buscas seguem concentradas na região do Porto Canguçu e no Cantão. Entre a tarde de terça-feira (11) e madrugada desta quarta-feira (12) outros três confrontos foram registrados.
Parte do bando foi interceptada durante a madrugada no Rio Araguaia enquanto tentavam adentrar no território do Pará. Os criminosos abandonaram o barco e estão cercados em uma área de mata.
LEIA TAMBÉM:
Força-tarefa mantém cerco contra criminosos em Pium; veja o que se sabe sobre as buscas
Policiais do Tocantins entram em confronto com grupo suspeito de atacar cidade em Mato Grosso
Suspeito morre em confronto entre policiais do Tocantins e grupo que atacou cidade em Mato Grosso
Homem é preso e armas, munições, coletes à prova de balas e itens de proteção são apreendidos com grupo que aterrorizou Confresa (MT)
A ação conta com forças policiais do Tocantins, Mato Grosso, Goiás e Pará. Homens da PM de Minas Gerais também devem se juntar às buscas nesta quarta-feira (12). Uma base foi montada na sede da fazenda Agrojan e as buscas pelos suspeitos também contam com embarcações e aeronaves.
Nesta terça-feira (11) foram encontrados e apreendidos armamentos de grosso calibre, milhares de munições, coletes a prova de balas e até capacetes de uso militar.
Diante dos riscos, a Polícia Militar orientou que a população da cidade e zona rural evite deslocamentos na TO-080 e estradas vicinais em um raio de 50 km do em torno de Paraíso do Tocantins. Nesta região estão sendo feitos bloqueios.
Material apreendido durante força-tarefa na zona rural de Pium
Divulgação/PM
Novo Cangaço
Na tarde de domingo, o grupo, que seria o mesmo que está no Tocantins, estava armado com fuzis e aterrorizou a cidade de Confresa (MT) na modalidade conhecida como ‘novo cangaço’. Eles invadiram uma empresa de transporte de valores e uma base da PM na cidade.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.