Pessoas são presas, drogas e armas são apreendidas durante operação de reforço da polícia em bairros de Salvador; um homem morreu


Operação é realizada nos bairros de Tancredo Neves, São Marcos e Sussuarana. Balanço refere-se às primeiras 24h. Armas, drogas e quantias em dinheiro também foram apreendidas
SSP
Um homem morreu, três foram feridos e dez pessoas presas durante as primeiras 24h da Operação Intensificação, que reforça o policiamento nos bairros de Tancredo Neves, São Marcos e Sussuarana, em Salvador, desde terça-feira (11).
Confrontos, assaltos, execuções, reféns e reforços de segurança: relembre casos de violência em Salvador nesta semana
A vítima foi morta durante confronto com a polícia, na rua Águas Cristalinas, em Tancredo Neves, ao tentar invadir um imóvel com outros suspeitos. Segundo a Polícia Militar (PM), ele foi socorrido, mas não resistiu. Não há detalhes se a vítima é um dos três baleados no mesmo dia no bairro.
Dentro do imóvel que os suspeitos tentaram invadir, uma mulher foi presa e conduzida à delegacia com 24 porções de cocaína, duas garrafas com substâncias químicas, sete porções de lança perfume, haxixe, maconha e crack.
Ainda de acordo com o balanço da PM, também foram apreendidas pistolas, um revólver, 50 kg de entorpecentes, uma espingarda semiautomática, carregadores e um laboratório de produção de drogas desarticulado.
Laboratório de produção de drogas foi desarticulado
SSP
Nas ações foram encontradas mais de 2,1 mil porções de maconha, cocaína, haxixe, crack, lança-perfume e mais de R$ 1,7 mil. Os policiais também prenderam um homem, no bairro de São Marcos, com cerca R$ 14,7 mil em espécie.
No laboratório de produção de drogas, foram localizados uma prensa hidráulica, três balanças grandes, 50 kg de drogas e porções de drogas.
O objetivo da operação é reforçar a segurança nas regiões, que têm sido alvo de incêndios em coletivos e barricadas feitas por suspeitos.
Região do Cabula
Quatro homens foram presos após fazerem uma criança de seis anos, uma idosa e dois adultos reféns, em um imóvel, durante cerca de 7h. Eles fugiam da polícia.
As vítimas foram liberadas pela polícia e os suspeitos conduzidos para o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).
Também no Cabula, outros três suspeitos foram presos com um revólver, um simulacro de arma de fogo e objetos roubados.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

Adicionar aos favoritos o Link permanente.