Linda Brasil é a primeira mulher trans a presidir sessão na Assembleia Legislativa de Sergipe


Ela assumiu a sessão plenária a convite do presidente da Alese no dia em que completa 50 anos. Linda Brasil do PSOL
Joel Luiz/Alese
A deputada e mulher trans, Linda Brasil, presidiu, nesta quinta-feira (13), a sessão na Assembleia Legislativa de Sergipe. Essa é a primeira vez na história política do estado que uma mulher trans lidera os trabalhos na casa parlamentar.
A representante do PSOL assumiu a sessão plenária a convite do presidente da Alese, deputado Jeferson Andrade (PSD), no dia em que ela completa 50 anos.
“ Fiquei muito emocionada por ser a primeira mulher trans a ocupar esse espaço. É algo muito significativo e simbólico, isso me motiva e eu espero que também motive outras mulheres trans. Num país onde a expectativa de vida da mulher trans é muito baixa, eu completar 50 anos é um marco”, disse.
Durante a sua carreira política, Linda Brasil também foi a primeira mulher trans a ocupar um cargo na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) e na Câmara de Vereadores de Aracaju.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.