Comerciante é condenado a 12 anos de prisão por matar eletricista a tiros em Araçatuba

Carlos Henrique Firmino, de 22 anos, matou a tiros Leonardo Espindola Moreira por vingança no ano de 2021, no bairro Jardim Primavera. O comerciante Carlos Henrique Firmino, acusado de matar a tiros o eletricista Leonardo Espindola Moreira, foi condenado a 12 anos de prisão.
A sentença foi proferida na quarta-feira (12), no Fórum de Araçatuba (SP), pelo magistrado Danilo Brait.
Segundo o Ministério Público, Leonardo buscava a namorada no bairro Jardim Primavera, em dezembro de 2021, quando foi baleado por Carlos.
Investigações apontaram que o motivo do crime foi uma vingança, pois a vítima havia agredido o irmão do comerciante dois meses antes do assassinato.
Ainda conforme o Ministério Público, Carlos foi denunciado por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e meio que dificultou a defesa da vítima.
Contudo, o tribunal do júri reconheceu apenas a segunda qualificadora, pois, conforme a sentença, a vingança motivou o comerciante a praticar o crime.
Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba
VÍDEOS: confira as reportagens da TV TEM

Adicionar aos favoritos o Link permanente.