Polícia bloqueia R$ 56 milhões em bens e cumpre mandados de busca e apreensão contra grupo suspeito de fraudes na Saneago


Polícia Civil cumpre 18 mandados de busca e apreensão em Goiânia e no município de Anicuns. Operação contra fraudes em contratos da Saneago em Goiânia – Goiás
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil de Goiás (PCGO) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (13), uma ação para cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão em Goiânia e no município de Anicuns. A investigação mira fraudes em licitações e contratos entre a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), seis municípios goianos e uma empresa. Durante a operação, a instituição informou ter cumprido o bloqueio de R$ 56,9 milhões em bens dos investigados.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Conforme a PCGO, os fatos em apuração são relativos a contratos firmados no período entre 2010 a 2017.
LEIA TAMBÉM:
Alvo de operação contra fraudes é empresa vencedora de licitação que custaria R$ 85 milhões à Saneago, diz polícia
Dois empresários são investigados por fraudar licitações e causar prejuízo de R$ 5 milhões na Saneago e Prefeitura de Formosa
Saneago alerta sobre golpe do ‘falso funcionário’; veja como se prevenir
Os municípios que teriam contratos ou licitações com suspeita de fraude, de acordo com a polícia, são os seguintes: Iaciara, Rio Verde, Aragarças, Nerópolis, Pires do Rio e Campos Belos.
A reportagem entrou em contato com a Saneago e as prefeituras de Iaciara, Rio Verde, Nerópolis e Campos Belos por e-mail e aguarda retorno.
A reportagem também tentou contato com a Prefeitura de Pires do Rio e com a empresa Sanefer pelo telefone, mas não obteve retorno.
Veja outras notícias da região no g1 Goiás.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.