Motorista que atropelou e matou três pessoas na calçada em Limeira estava há duas noites sem dormir e voltava de rodeio, diz MP


Evandro Vieira de Almeida, que está preso desde a data do acidente, também tinha consumido bebida alcoólica antes de dirigir, segundo resultado de teste do bafômetro. Ele foi denunciado pela Promotoria por três homicídios culposos, quando não há intenção de matar. Carro que atropelou e matou três pessoas em Limeira ficou destruído
Giuliano Tamura/EPTV
O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) denunciou à Justiça o rapaz de 23 anos que atropelou e matou três pessoas que estavam na calçada, no último dia 26 de março, em Limeira (SP).
Segundo a Promotoria, Evandro Vieira de Almeida, que está preso desde a data do acidente, estava há duas noites sem dormir, foi a uma festa de rodeio e consumiu bebida alcoólica antes de dirigir. O acidente foi flagrado por uma câmera de segurança (veja o vídeo abaixo).
LEIA MAIS:
Saiba quem são as vítimas do acidente
VÍDEO: câmera de segurança flagra momento do atropelamento
Na denúncia, a promotora Letícia Macedo Medeiros Beltrame detalha que o denunciado acordou no instante em que uma das vítimas estava sobre o para-brisa dianteiro de seu veículo e que ao ser contido por moradores “pronunciava palavras desconexas, apresentava forte odor etílico e agitação comportamental”.
Também conforme o documento, teste do bafômetro apontou concentração de 0,42 miligrama de álcool por litro de ar alveolar.
Carro atropela e mata três pessoas na calçada em Limeira
“O denunciado agiu com culpa na modalidade imprudência, uma vez que permaneceu acordado durante duas noites, ingeriu bebida alcoólica e assumiu a direção de seu veículo, com ele trafegando sem as mínimas condições de capacidade motora e desprovido da necessária cautela, invadindo a calçada e causando a morte das vítimas”, aponta a promotora.
Almeida foi denunciado três vezes por homicídio culposo – quando não há intenção de matar – na direção de veículo, com os agravantes de ter causado o acidente na calçada, o que aumenta a pena em um terço, segundo o Código Brasileiro de Trânsito (CBT), e sob influência de álcool, que tem pena prevista de cinco a oito anos de prisão.
Trecho de via onde ocorreu acidente teve trânsito bloqueado
Wagner Morente
“[A denúncia] só corroborou com a tese desenvolvida desde o flagrante, que seria pelo reconhecimento do homicídio culposo , uma vez que o Evandro jamais teve intenção de matar essas pessoas, tratando-se de uma fatalidade”, afirmou ao g1 o advogado do acusado, José Renato Pierin Vidotti .
À Justiça, o defensor argumentou que Almeida permaneceu no local do acidente para responder pelo ocorrido. Ele também defende que seu cliente responda pelo caso em liberdade pelo fato do crime ter sido tipificado como culposo, e por morar e trabalhar na cidade onde ocorreram os atropelamentos.
Local onde três pessoas morreram atropeladas em Limeira
Giuliano Tamura/EPTV
Relembre o caso
O acidente aconteceu na Rua Otávio Coelho, no Jardim Caieira, em frente a uma padaria, às 6h18 de um domingo. Segundo a Guarda Municipal, o carro que o homem dirigia estava em alta velocidade.
Também de acordo com a corporação, duas vítimas foram arrastadas por aproximadamente 30 metros, até o cruzamento com a Avenida João Amaral Gama. A rua foi interditada para o trabalho da perícia.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentou fazer o atendimento, mas as três vítimas – todos homens – morreram no local. O automóvel ficou com a frente destruída e uma vitrine com frangos assados de uma padaria também foi danificada.
Ademilso e Eliezer estão entre as vítimas do acidente
Arquivos pessoais
À Guarda, o motorista afirmou que dormiu no volante. Foi solicitado perícia ao local e exames do instituto Médico Legal (IML) nos corpos.
O indiciado foi conduzido ao Plantão da Delegacia Seccional de Limeira, onde o caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor e embriaguez ao volante. A prisão em flagrante foi convertida em preventiva no dia 27 de março.
As vítimas são Ademilso Ferreira de Godoy, de 48 anos; Eliezer Gomes da Silva, de 59 anos; e um morador em situação de rua conhecido como Mexirica.
Bicicleta caída no local do acidente, em Limeira
Wagner Morente
VÍDEOS: Tudo sobre Piracicaba e Região
Veja outras reportagens da região no g1 Piracicaba

Adicionar aos favoritos o Link permanente.